Application of molibidenum seed treatment (TS)

Autores

  • M. P. S. O. Freitas
  • V. M. M. Lima
  • J. N. Castro
  • J. S. Trindade
  • V. L. Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS-UEG MESTRANDO DESENVOLVIMENTO RURAL E SUSTENTÁVEL-SÃO LUÍS DE MONTES BELOS-GO

DOI:

https://doi.org/10.36560/131020201045

Palavras-chave:

productive aspects, Glycine max (L.) Merril, inoculation, Molybdaenum, application techniques

Resumo

Due to the advancement of soybean production, alternatives are sought to improve the ability to biologically fix nitrogen, however, the effectiveness of this procedure may be impaired by the lack of micronutrients, such as molybdenum. The objective of this study was to evaluate the productive and developmental aspects and the nodulation of soybean, submitted to different inoculation doses and varied application techniques of Molybdenum. The experiment was conducted with the application of Mo in 4 ways, seed treatment, leaf pathway, added seed pathway treatment and sowing furrow. Height and stem diameter, nodulation, dry matter and plant biomass were analyzed. Significant data were observed for plant height and biomass, where the best application was in the treatment of seeds added from the leaf pathway. The presence of inoculant provided characteristics very close to the treatment where no inoculant was used.

Biografia do Autor

V. L. Silva, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS-UEG MESTRANDO DESENVOLVIMENTO RURAL E SUSTENTÁVEL-SÃO LUÍS DE MONTES BELOS-GO

Graduada em Agronomia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Campus de Nova Xavantina-MT (2014). Pós-Graduada em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, União Educacional de Brasília em parceria com CPEX MT, UNEB-DF, (2014). Pós-Graduando em Agroecologia (2017/2018) - Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Barra do Garças. ATUALMENTE MESTRANDA EM DESENVOLVIMENTO RURAL E SUSTENTÃVEL-UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÃS, SÃO LUÃS DE MONTES BELOS-GO.

Referências

BASEGGIO, A. V.; PASINATO, T.; MANTOVANI, A. Efeito da utilização de cobalto e molibdênio aplicado via foliar e via semente sobre o potencial produtivo da soja. In: X Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo Fatos e Mitos em Ciência do Solo. 2014. Pelotas, RS. Anais... Pelotas: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. 2014.

CAMPO, R. J.; ALBINO, U. B.; HUNGRIA, M. Métodos de Aplicação de Micronutrientes na Nodulação e na Fixação Biológica do N2 em Soja. Embrapa soja, n. 19, p. 1-7. 1999.

CAMPO, R. J.; HUNGRIA, M. Enriquecimento de sementes de soja com Mo como fator de aumento da eficiência da fixação biológica do nitrogênio e do rendimento da soja. In: reunião de pesquisa de soja da região central do Brasil, 25, 2003, Uberaba. Resumos... Londrina: Embrapa soja: EPAMIG: Fundação Triângulo, 2003.

CONAB. COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Acompanhamento da safra brasileira de grãos: Sétimo levantamento, abril 2019 – safra 2018/2019. v. 6. Brasília: Companhia Nacional de Abastecimento, 2019. 69 p. Disponível em: <https://www.conab.gov.br › boletim-da-safra-de-graos › item › download >. Acesso em: 14 mai. 2019.

DEUNER, C. et al. Rendimento e qualidade de sementes de soja produzidas sob diferentes manejos nutricionais. Revista de Ciências Agrárias, v. 38, n. 3, p. 357-365, 2015.

GOLO, A. L. Qualidade das sementes de soja com a aplicação de diferentes doses de molibdênio e cobalto. Revista Brasileira de Sementes, v. 31, n. 1, p. 040-049, 2009.

HUNGRIA, M.; CAMPO, R. J.; MENDES, I. C. A importância do processo de fixação biológica do nitrogênio para a cultura da soja: componente essencial para a competitividade do produto brasileiro (Documentos, n. 283). Londrina: Embrapa Soja, 2007. 80p.

HUNGRIA, M.; CAMPO, R. J.; MENDES, I. C. Fixação biológica do Nitrogênio na cultura da soja. Londrina: Embrapa soja. 2001. 48p.

LIMA, E. R. Molibdénio e cálcio via semente no desenvolvimento, nodulação e produção de sementes de soja. 2006. 46f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) -Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filhoâ€, Ilha Solteira. 2006.

MARCONDES, J. A.; CAIRES, E. F. Aplicação de molibdênio e cobalto na semente para cultivo da soja. Bragantia, v. 64, n. 4, p. 687-694, 2005.

MANFRON, P. A. et al. Fontes de molibdênio aplicadas em soja via semente. Insula, n. 33, p. 69-88. 2004.

MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plant. 2. ed. New York: Academic, 1995. 889p.

MESCHEDE, D. K. et al. Rendimento, teor de proteína nas sementes e características agronômicas das plantas de soja em resposta à adubação foliar e ao tratamento de sementes com Molibdênio e Cobalto. Acta Scientiarum, v. 26, n. 2, p. 139-145, 2004.

MILANI, G. L. et al. Aplicação foliar de molibdênio durante a maturação de sementes de soja. Ciênc. agrotec., v. 34, n. 4, p. 810-816, 2010.

OLIVEIRA, C. O. et al. Custo e lucratividade da produção de sementes de soja enriquecidas com molibdênio. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 45, p. 82-88, 2015.

OLIVEIRA, C. O. et al. Produção e posterior semeadura de sementes de soja enriquecida com molibdênio: qualidade fisiológica, alterações químicas e nutricionais, métodos e épocas de aplicação. 2015. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/ bitstream/handle/11449/124452/000835450.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 14 mai. 2019.

OLIVEIRA E OLIVEIRA, C. et al. Produção de sementes de soja enriquecidas com molibdênio. Rev. Ceres, v. 64, n. 3, p. 282-290, 2017.

POLVANI, R. L. et al. Resposta da soja inoculada a diferentes doses de molibdênio. In: VI Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica. 2012. Maringá, PR. Anais eletrônicos... Maringá: Cesumar. 2012.

PRADO, M. R. Nutrição de Plantas. São Paulo: UNESP, 2008. 408p.

PRANDO, A. M. et al. Ações de transferência de tecnologia sobre inoculação em soja, em parceria entre EMATER Paraná e Embrapa. In: Embrapa Soja-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 8., 2018, Goiânia. Inovação, tecnologias digitais e sustentabilidade da soja: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2018.

RESENDE, A. V. Adubação da soja em áreas do cerrado: micronutrientes. (Documentos, n. 115). Planaltina-GO: Embrapa Cerrados, 2004. 29p.

SFREDO, G. J.; OLIVEIRA, M. C. N. de. Soja: molibdênio e cobalto. (Documentos, n. 322). Londrina: Embrapa Soja, 2010. 36p.

SIEBEN, A.; MACHADO, C. A. Histórico e contextualização sócio-econômica e ambiental da soja (Glycine max) no Brasil. Revista Eletrônica de Geografia do Campus Jataí, n.7, p. 01-18, 2006.

VARGAS, M. A. T. et al. Inoculation of soybean in cerrado soils with established populations of Bradyrhizobium japonicum. Revista Microbiologia, v. 25, n. 4, p. 245-250, 1994.

Downloads

Publicado

2020-09-30

Como Citar

Freitas, M. P. S. O., Lima, V. M. M., Castro, J. N., Trindade, J. S., & Silva, V. L. (2020). Application of molibidenum seed treatment (TS). Scientific Electronic Archives, 13(10), 33–38. https://doi.org/10.36560/131020201045

Edição

Seção

Agricultural Science

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>