Basic density and CO2 sequestration in seven species from the Commemorative Arboretum of 500 Years of Brazil in Alberto Löfgren State Park, São Paulo

Autores

  • Reinaldo Viana de Sousa
  • Tatiana Martins Thomaz
  • Sandra Monteiro Borges Florsheim
  • Israel Luiz de Lima
  • Eduardo Luiz Longui Instituto Florestal
  • Luís Alberto Bucci

DOI:

https://doi.org/10.36560/14820211438

Palavras-chave:

carbon sequestration, climate change, global warming, wood basic density

Resumo

Carbon sequestration involves the removal of CO2 from the atmosphere, aiming to reduce the greenhouse effect. Wood basic density is a direct part of this process. We selected five trees in each of the following species to determine wood basic density and quantify carbon, both sequestered and fixed, for 10 years: Alchornea sidifolia, Ceiba speciosa, Gallesia integrifolia, Guazuma ulmifolia, Inga marginata, Maclura tinctoria, and Prunus cerasoides. The study was conducted in the Commemorative Arboretum of 500 Years of Brazil in Alberto Löfgren State Park, São Paulo. Using maximum moisture content capture of CO, we studied variations of wood density and CO2, both fixed and sequestered, by an individual tree in the same species and between species. Values of fixed and sequestered CO2 showed variations among species with a high dependence on wood density such that trees with higher amounts of CO2, both fixed and abducted, were also trees that showed the highest increment both in height and diameter (DBH). Based on these metrics, G. ulmifolia, I. marginata, M. tinctoria, and P. cerasoides showed the most potential to sequester carbon. Our calculations showed that planting these four species would result in the sequestration of around 30 tons of carbon per hectare.

Referências

AMBIENTE BRASIL. Perguntas e Respostas sobre Mudanças Climáticas. Disponível em http://ambientes.ambientebrasil.com.br/gestao/fixacao_de_carbono/conceito_de_fixacao_de_carbono.html?query=SEQUESTRO+DE+CARBONO, Fonte Parcial: - IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) 2010.

ANDRADE, I.M., LONGUI, E.L., LIMA, I.L., FLORSHEIM, S.M.B. Efeito da procedência na variação radial do comprimento de fibras e densidade básica da madeira de Gallesia integrifolia (Spreng.) Harms. IF Série Registro. Vol. 40, p 39-43, 2009.

ARZOLLA, F.A.R.D.P., MOURA, C., VILELA, F.E.S.P., FRANCO, G.A.D.C., MODLER, I.F., MATTOS, I.F.A., PASTORE, J.A., BAITELLO, J.B., CASTRO, N.I., AGUIAR, O.T., CIELO-FILHO, R., SOUZA, S.C.P.M., SILVA, V.S., COSTA, N.O., LIMA, P.F., ALMEIDA, R.S. Avaliação do meio biótico. In: LEONEL, C. (Coord.) Plano de Manejo do Parque Estadual Alberto Löfgren. São Paulo, Instituto Florestal – SMA, 2009. p. 111-143.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. Normas Técnicas. NBR 11941: Densidade básica da madeira. Rio de Janeiro, 2003 6p.

BAIRD, C. Química ambiental. 2ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.

BARRETO, L.V., FREITAS, A.C.S., PAIVA, L.C. Sequestro de Carbono. Centro científico Conhecer, Goiânia, Enciclopédia Biosfera N.07, 2009.

BELLOTE, A.F.J., DEDECEK, R.A., LAVORANTI, O.J., TOMAZELLO FILHO, M., ANDRADE, G.C. Acúmulo de carbono no Pinus taeda estimado pela densitometria de raios X e análise de tronco, Boletim Pesquisa Florestal. Vol. 53, p 137-154, 2006.

BONUCCI, M.A., NIENISKIS, A., BUCCI, L.A., YAMAZOE, G., HYDE, D.J. Avaliação do desenvolvimento de algumas espécies do arboreto comemorativo dos 500 anos do Brasil. IF Série Registros. Vol. 31, p 143-146, 2007.

BOSCHETTI, W.T.N., SILVA, J.G.M., VIDAURRE, G. B. Densidade e sua variação na madeira de eucalipto. In: Qualidade da madeira de eucalipto proveniente de plantações no Brasil, 1st ed., G.B., SILVA, J.G.M., MOULIN, J.C., CARNEIRO, A.C.O. Edufes: Vitória-ES, Brasil, 2020; 1, 154-196.

BRAZIL. RU. Flora Brasileira. Disponível em http://www.brazil.ru/pt/nature/flora.

BUCCI, L.A., YAMAZOE, G., BONUCCI, M.A. Captação de CO2 no Arboreto 500 Anos. Fonte: Kenshu-in: n. 76 da ABJICA, http://www.iflorestal.sp.gov.br/noticias/news39.asp.

C&T BRASIL. Entendendo a mudança do clima: um guia para iniciantes da Convenção-Quadro das Nações Unidas e seu Protocolo de Quioto. Disponível em www.mct.gov.br/clima.

COLDEBELLA, R., GIESBRECHT, B.M., SACCOL, A.F.O., GENTIL, M., PEDRAZZI, C. Propriedades físicas e químicas da madeira de Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. Ciência da Madeira. Vol. 9, p 54-61, 2018.

COSTA, T.G., BIANCHI, M.L., PROTÁSIO, T.P., COUTO, A.M., PROTÁSIO, T.P., REIS, A. A.P.D.A., TRUGILHO, P.F. Amostragens longitudinais alternativas para a determinação da densidade básica em clones de Eucalyptus sp. Floresta e Ambiente, Vol. 19, p 184-193, 2012.

Densidade básica entre procedências, classes de diâmetro e posições em árvores de Eucalyptus grandis e E. saligna. IPEF. Vol. 33, p 65-72, 1986.

FERNANDES, T.J.G., SOARES, C.P.B., JACOVINE, L.A.G., ALVARENGA, A.P. Quantificação do carbono estocado na parte aérea e raízes de Hevea sp., aos 12 anos de idade, na zona da mata mineira. Revista Árvore. Vol. 31, p 657-665, 2007.

FIGUEIREDO, L.T.M., SOARES, C.P.B., SOUSA, A.L., LEITE, H.G., SILVA, G.F. Dinâmica do estoque de carbono em fuste de árvores de uma Floresta Estacional Semidecidual. Cerne. Vol. 21, p 161-167, 2015.

LATORRACA, J.V.F., ALBUQUERQUE, C.E.C. Efeito do rápido crescimento sobre as propriedades da madeira. Floresta e Ambiente; Vol. 7, p 279-291, 2000.

PHILLIPS, O.L., SULLIVAN, M.J.P., BAKER, T.R., MENDOZA, A.M., VARGAS, P.N., VÁSQUEZ, R. Species matter: wood density influences tropical forest biomass at multiple scales. Surveys in Geophysics. Vol. 40, p 913-935, 2019.

RENNER, R.M. Sequestro de Carbono e viabilização de novos reflorestamentos no Brasil. Disponível em://www.ufrgs.br/necon/2evavea(3) pdf.

ROCHA, W.D.O., PEREIRA, A.M., DA SILVA, A.E., FRAGA, J.A. Estimativa de biomassa vegetal e sequestro de carbono no Parque Natural Municipal Flor do Ipê, Várzea Grande, MT. Multitemas. Vol. 22, p 179-195, 2017.

ROSSI, M. FARIA, A.J., WENZEL, R., CÂMARA, C.D., ARCOVA, F.C.S., CICCO, V., RANZINI, M., LUIZ, R.A.F., SANTOS, J.B.A., SOUZA, L.F.S., VENEZIANI, Y. 2009. Avaliação do meio físico. In: LEONEL, C. (Coord.) Plano de Manejo do Parque Estadual Alberto Löfgren. São Paulo, Instituto Florestal – SMA, 2009. p. 69-107.

SANTINI JUNIOR, L., LONGUI, E.L., LIMA, I.L., AGUIAR, O.T., FLORSHEIM, S.M.B. Análise anatômica qualitativa e quantitativa e densidade básica da madeira de Alchornea sidifolia Muell. Arg. (Euphorbiaceae). Revista do Instituto Florestal. Vol. 22, p 201-214, 2010.

SOUZA, V.R., CARPIM, M.A., BARRICHELO, L.E.G.

TORRES, C.M.M.E., JACOVINE, L.A.G., OLIVEIRA NETO, S.N., SOUZA, A.L., CAMPOS, R.A., SCHETTINI, B.L.S. Análise fitossociológica e valor de importância em carbono para uma Floresta Estacional Semidecidual. Floresta e Ambiente. Vol. 24, p 2-10, 2017.

TRAUTENMÜLLER, J.W., BORELLA, J., BALBINOT, R., LAMBRECHT, F.R., VALERIUS, J., COSTA JUNIOR, S., GONZATTO, G.L. Longitudinal variation of wood basic density of Inga marginata and Chrysophyllum gonocarpum. Advances in Forestry Science. Vol. 3, p 45-49, 2016.

TRUGILHO, P.F., PEREIRA, A.J. Qualidade da madeira de cinco espécies de ocorrência no cerrado para produção de carvão vegetal. Cerne, Vol. 20, p 37-46, 2014.

YU, C.M. Sequestro florestal de carbono no Brasil – dimensões políticas sócio-econômicas e ecológicas. Disponível em: www.ces.fgvsp.br/arquivos/Tese%20artigo%20-Simpósio%20CO21.PDF.

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Sousa, R. V. de, Thomaz, T. M. ., Florsheim, S. M. B. ., Lima, I. L. de ., Longui, E. L. ., & Bucci, L. A. (2021). Basic density and CO2 sequestration in seven species from the Commemorative Arboretum of 500 Years of Brazil in Alberto Löfgren State Park, São Paulo. Scientific Electronic Archives, 14(8). https://doi.org/10.36560/14820211438

Edição

Seção

Ciências Biol´ógicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)