Growth of churches submitted to different doses of hydrogel and containers

Autores

  • F. O. Lira Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • M. E. Souza Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • A. H. Maia Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

DOI:

https://doi.org/10.36560/1212019625

Palavras-chave:

Hevea brasiliensis, water supplementation, water-repelling polymer

Resumo

The cultivation of rubber trees in Brazil has been established as a sustainable and profitable activity, despite all the challenges, the production of rubber trees grows considerably each year. In order to optimize this production, it is necessary to develop techniques for the production of seedlings that present vigor and quality. Therefore, the objective of this work was to evaluate the growth of rubber tree seedlings submitted to different doses of hydrogel and containers. The work was carried out in the seedling nursery of the State University of Mato Grosso, Campus Nova Xavantina. The dosages used were 0, 1, 2, 3 and 4g and the containers were polyethylene bags in dimensions 20x30 and 25x35 cm. To evaluate the effect of the treatments on the growth of the rubber tree seedlings the following variables were measured at 90 days after sowing: Height (cm), stem diameter (mm), H / D ratio, number of triphophils, root length), Dry matter of the leaves (g), dry matter of the stem (g), dry matter root (g). The experimental design was a randomized complete block (DBC) in a 2x5 factorial scheme, two containers and five hydrogel doses, with six replicates for each treatment. From the results obtained in the present work it can be concluded that the dosage of 1g.L-1 of hydrogel and the container 25x35 cm were the most suitable treatments for the initial development of the rubber tree seedlings.

Biografia do Autor

F. O. Lira, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Engenheira Agrônoma - Unemat/Nova Xavantina

M. E. Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Doutorado em Horticultura pela UNESP Campus de Botucatu - SP, Docente do curso de Agronomia da UNEMAT Campus de Nova Xavantina

A. H. Maia, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Doutorado em Agronomia, Especialidade em Sistemas de Produção pela UNESP, Campus de Ilha Solteira-SP, docente do curso de Agronomia da UNEMAT Campus de Nova Xavantina

Referências

BRAGA, C. Indicadores Econômicos da Produção de Borracha no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 28/10/2016.

BRAME, L. J.; PRADO, R. M.; MODA, L. R.; ESPOSTI, C. D. Efeito de doses de fósforo no desenvolvimento de mudas de seringueira em sistema de viveiro suspenso. In: VIII ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS, 8, 2014, Jaboticabal. VIII Encontro de Pós-Graduandos, 2014.

BOGARIM, E. P. A. Uso do hidrogel em plantas nativas, visando aplicação em áreas degradadas. 2014. 48 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) – Universidade Federal da Grande Dourados. Dourados, 2014.

DANIEL, O.; VITORINO, A.C.T.; ALOISI, A.A.; MAZZOCHIN, L. TOKURA, A.M.; DUSI, D. M. Efeito da adição do polímero hidrorretentor na eficiência da adubação nitrogenada no crescimento de Brachiaria decumbens cv. Basilisk. em dois diferentes substratos. 2005. 83 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2005.

FERREIRA, D. F. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Científica Symposium, Lavras, v. 6, n. 2, p. 36-41, 2008.

FRANCO, L. O novo ciclo da borracha. Disponível em . Acesso em: 23 out. 2016.

FURLANI JUNIOR, E.; GONÇALVES, P. S. Cultura da seringueira. 1. ed. Ilha Solteira: Unesp/Ilha Solteira, 2012, v.1.150p.

GAMEIRO, A. H.; PEROZZI, M. B.; ROCCO, C. D. Mercado e custos de produção da cultura da seringueira. Revista Casa da Agricultura, v. 13, n. 3, 2010. Disponível em:<http://www.asbraer.org.br/arquivos/bibl/59-ca-heveicultura.pdf>. Acesso em: 05 jan. 2016.

HAFLE, O. M.; CRUZ, M. C. M.; RAMOS, J. D.; RAMOS, P. S.; SANTOS, V. A. Produção de mudas de maracujazeiro-doce através da estaquia utilizando polímero hidrorretentor. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 3, n. 3, p. 232-236, 2008.

IDOBRO, H. J.; RODRÃGUEZ, A. M.; ORTÃZ, J. M. E. Comportamiento del hidrogel en suelos arenosos. Ingeniería de Recursos Naturales y del Ambiente, Cali, n.9, p.33-37, 2010.

MACEDO, M. C. M. Recuperação de áreas degradadas: pastagens e cultivos intensivos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO SOLO, 7, Goiânia, 1993. Anais... Goiânia: SBSC, 1993. p.71-72.

MARIMON, B. S.; FELFILI, J. M.; LIMA, E. S.; DUARTE, W. M. G.; MARIMON-JÚNIOR, B. H. Environmental determinants for natural regeneration of gallery forest at the Cerrado/Amazonia boundaries in Brazil. Acta Amazonica, Manaus, v. 40, n. 1, p. 107- 118, 2010.

MARQUES, P. A. A.; BASTOS, R. O. Use of different doses of hidrogel for sweet pepper seedling production. Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia, v.3 n.2, p.59-64, 2010.

MARQUES, P. A. A.; CRIPA, M. A. M.; MARTINEZ, E. H. Hidrogel como substituto da irrigação complementar em viveiro telado de mudas de cafeeiro. Ciência Rural, Santa Maria, v. 43, n. 1, p. 1-7, 2013.

MENDES, A. D. R.; OLIVEIRA, L. E. M.; NASCIMENTO, M. N.; REIS, K. L.; BONOME, L. T. S. Concentração e redistribuição de nutrientes minerais nos diferentes estádios foliares de seringueira. Acta Amazonica, v. 42, n. 4, p. 525-532, 2012.

MENDONÇA, V.; ARAÚJO NETO, S. E.; RAMOS, J. D.; PIO, R.; GONTIJO, T. C. A. Diferentes substratos e recipientes na formação de mudas de mamoeiro sunrise solo. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 25, n.1, p.127-130, 2003.

NAVROSKI, M. C.; ARAÚJO, M. M.; CUNHA, F. S.; BERGHETTI, A. L. P.; PEREIRA, M. O. Influência do polímero hidroretentor na sobrevivência de mudas de Eucalyptus dunnii sob diferentes manejos hídricos. Nativa, Sinop, v. 02, n. 02, p. 108-113, 2014.

NICOLOSO, F. T.; FORTUNATO, R. P.; ZANCHETTI, F.; CASSOL, L. F. Recipientes e substratos na produção de mudas de Maytenus llicifolia e Apuleia leiocarpa. Ciência Rural, v.30, n.6, p.987-992, 2000.

PEREIRA, A. V., PEREIRA, E. B. C. Influência do tamanho do saco plástico para o desenvolvimento de mudas de seringueira, durante a fase de viveiro. Manaus: EMBRAPA/CNPSD, 1985. 7p. (Comunicado Técnico, 38).

PEREIRA, P. C. et al. Tamanho de recipiente e tipos de substratos na qualidade de mudas de tamarindeiro. Revista Verde, Mossoró, v.5, n.3, p.136-124, 2010.

PINHEIRO, E. R.; SOUZA, E. F. Aplicação de fósforo em mudas de Acacia mangium. Revista Ãrvore, v. 21, n. 2, p. 163-168, 1997.

QUEIROZ, J. A. L.; MELÉM JUNIOR, N. J. Efeito do tamanho do recipiente sobre o desenvolvimento de mudas do açaí (Euterpe oleracea Mart.). Revista Brasileira de Fruticultura, v.23, p.460-462, 2001.

SAAD, J. C. C.; LOPES, J. L. W.; SANTOS, T. A. Manejo hídrico em viveiro e uso de hidrogel na sobrevivência pós-plantio de Eucalyptus urograndis em dois solos diferentes. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 29, n. 3, p. 404-411, 2009.

SILVA NETO, J. S.; SILVA, C. E. A.; SANTOS, L.; SANTOS, D. S. Avaliação econômica da rentabilidade de seringueira para a produção de látex no município de Vicentinópolis- Goiás. In: Congresso Estadual de Iniciação Científica do IF Goiano, 4, 2015, Morrinhos. Resumos... p. 1-2.

VIANA, J. S.; GONÇALVES, E. P.; ANDRADE, L. A.OLIVEIRA, L. S. B.; SILVA, E. O. Crescimento de mudas de Bauhinia forficata em diferentes tamanhos de recipientes. Floresta, v. 38, n. 4, p. 663-671, 2008.

SILVA, J.N. Exposição ao fungicida Cerconil WP®: efeito sobre a reprodução em modelo experimental e estrutura química de látex de seringueira. 2016. 77f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional)- Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2016.

Downloads

Publicado

2019-02-04

Como Citar

Lira, F. O., Souza, M. E., & Maia, A. H. (2019). Growth of churches submitted to different doses of hydrogel and containers. Scientific Electronic Archives, 12(1), 40–45. https://doi.org/10.36560/1212019625

Edição

Seção

Agricultural Science

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.