Morphological parameters and components of the productivity of corn second crop in the function of doses of agricultural gypsum

Autores

  • C. S. Pereira Universidade Federal do Mato Grosso
  • G. K. Joanella UFMT/SINOP
  • I. V. A. Fiorini UFMT/SINOP
  • R. A. F. Machado UFMT/SINOP
  • E. L. Resende UFMT/SINOP
  • F. R. Resende UFLA
  • Anderson Miguel Knob Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.36560/1222019773

Palavras-chave:

Zea mays L. Growth of second crop maize season. Yield components. Vegetative development.

Resumo

Subsoil acidity has been considered one of the main causes of limitation to agricultural productivity, because it restricts root growth and the absorption of water and nutrients by crops. The agricultural gypsum stands out for its benefits as a conditioner, reduces the saturation of aluminum and increases the levels of calcium and sulfur in subsurface, allowing the development of roots in deeper layers. The objective was to evaluate the ideal gypsum dose for the increment of vegetative characteristics and the components of maize crop productivity in the second crop season in Sinop, MT. A randomized block design (DBC) with five doses of agricultural gypsum (0, 1.0, 2.0, 3.0 and 4.0 t ha-1). In the conditions under which the study was carried out, it can be concluded that the application of the agricultural gypsum impaired the vegetative growth and the development of the second maize crop cultivated in soils corrected and under high rainfall intensity. The application of gypsum in soils with Mg levels considered low reduces corn growth. The addition of agricultural gypsum doses did not influence the number of grain rows, number of grains per row and the mass of one thousand grains, due to the conditions of the study with the limiting content of Mg in the soil (0-20 cm layer) and with high volumes of rainfall in northern MT during the development of second crop maize.

Biografia do Autor

C. S. Pereira, Universidade Federal do Mato Grosso

Eng. Agrônomo UFLA

Mestre Fitotecnia UFLA 

Doutor Fitotecnia UFV 

G. K. Joanella, UFMT/SINOP

Eng. Agrônomo UFMT/SINOP

I. V. A. Fiorini, UFMT/SINOP

Eng. Agrônomo UFLA 

Mestre em Fitotecnia UFLA 

doutor Fitotecnia UFLA 

R. A. F. Machado, UFMT/SINOP

Eng. Agrônomo UFLA 

Mestre Fitotecnia UFLA 

Doutor Agricultura UNESP Botucatu 

E. L. Resende, UFMT/SINOP

Eng. Agrônomo UFLA

F. R. Resende, UFLA

Eng. Agrônomo UFLA

Anderson Miguel Knob, Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS

Eng. Agrônomo UFMT 

Mestrando Economia UFRGS 

Referências

References

BRASIL. Ministério da Agricultura. Departamento Nacional de Produção Vegetal. Regras para análise de sementes. Brasília, 2009. 399p.

CAIRES, E. F.; FONSECA, A. F.; MENDES, J.; CHUEIRI, W.; MADRUGA, E. F. Produção de milho, trigo e soja em função das alterações das características químicas do solo pela aplicação de calcário e gesso na superfície, em sistalka de plantio direto. Revista Brasileira de Ciência Solo, Viçosa, v.23, p.315-327, 1999.

CAIRES, E. et al. Alterações químicas do solo e resposta da soja ao calcário e gesso aplicados na implantação do sistalka plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 27, n. 2, p. 275-286, 2003.

CAIRES, E. F.; KUSMAN, M. T.; BARTH, G.; GARBUIO, F. J.; PADILHA, J. M. Alterações químicas do solo e resposta do milho à calagem e aplicação de gesso. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.28, n.1, p.125-136, 2004.

CAIRES, E. et al. Use of gypsum for crop grain production under a subtropical no-till cropping systalk. Agronomy Journal, Madison, v. 103, n. 6, p. 1804-1814, 2011.

CASTRO, A. M. C.; RUPPENTHAL, V.; RANDO, E. M.; MARCHIONE, M. S.; GOMES, C. J. A. Calcário e gesso no desenvolvimento do milho cultivado em um Latossolo Vermelho Amarelo Distrófico. Revista Cultivando o Saber, Cascavel, v. 6, n. 1, p. 8-16, 2013.

CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento. 2016. Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos 2015/2016. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/16_06_09_16_49_15_boletim_graos_junho__2016_-_final.pdf. Acesso em: 18 de agosto de 2016.

DALLA NORA, D. D. et al. Gesso: alternativa para redistribuir verticalmente nutrientes no perfil do solo sob sistalka plantio direto. Revista Plantio Direto, Passo Fundo, v. 133, n. 1, p. 8-20, 2013.

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÃRIA. Sistalka brasileiro de classificação de solos. 3ª ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2013.

FANCELLI, A. L. Estudo do uso de biorreguladores no tratamento de sementes e em pulverizações foliares e sua influência no desempenho e produtividade das culturas de milho e feijão. Piracicaba: Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queirozâ€. In: PROCHNOW, L. I.; CASARIN, V.; STIPP, S. R. Boas práticas para uso eficiente de fertilizantes. v. 3, p. 43- 89. Piracicaba 2010.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis systalk. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, p. 1039-1042, 2011.

FERREIRA, M. M. M. Sintomas de deficiência de macro e micronutrientes de plantas de milho híbrido BRS 1010. Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Roraima, Boa Vista, 2012.

GARCIA, R. G.; DALLACORT, W. K.; SERIGATTO; FARIA JÚNIOR, C. A. Calendário agrícola para a cultura do milho em Sinop (MT). Pesquisa Agropecúaria Tropical, v.43, n.2, p.218-222, 2013.

MANETTI, F. A. Momento de aplicação de calcário e gesso em um latossolo vermelho distrófico, no desenvolvimento inicial do milho. 2005. 49f. (Dissertação em Agronomia) - Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2005.

MONGELO, A.I.; RIBON, A.A.; WOLF, M.J; SILVA, A.R.B. da; DAVALO, M.J. Efeitos da aplicação de gesso nos teores de alumínio de um Neossolo Quartzarenico cultivado com feijão. In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DE SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS 28, REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 12, SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO SOLO, 10, REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 7, 2008, Londrina, PR. Anais. Londrina, PR, 2008. (CD-ROM).

NEIS, L. et al. Gesso agrícola e rendimento de grãos de soja na região do sudoeste de Goiás. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 2, p. 409-416, 2010.

RAIJ, B. van; FURLANI, P. R.; QUAGGIO, J. A. & PETTINELLI JÚNIOR, A. Gesso na produção de cultivares de milho com tolerância diferencial a alumínio em três níveis de calagem. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 22, p 101-108, 1998.

SANTOS, H. G. dos; JACOMINE, P. K. T.; ANJOS, L. H. C. dos; OLIVEIRA, V. A. de; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; ALMEIDA, J. A. de; CUNHA, T. J. F.; OLIVEIRA, J. B. de. Sistalka brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Brasília, DF: Embrapa, 2013. 353 p.

ZANDONÃ, R. R.; BEUTLER, A. N.; BURG, G. M.; BARRETO, C. F. & SCHMIDT, M. R. Gesso e calcário aumentam a produtividade e amenizam o efeito do déficit hídrico em milho e soja. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 45, n. 2, 2015.

Downloads

Publicado

2019-04-01

Como Citar

Pereira, C. S., Joanella, G. K., Fiorini, I. V. A., Machado, R. A. F., Resende, E. L., Resende, F. R., & Knob, A. M. (2019). Morphological parameters and components of the productivity of corn second crop in the function of doses of agricultural gypsum. Scientific Electronic Archives, 12(2), 70–75. https://doi.org/10.36560/1222019773

Edição

Seção

Agricultural Science

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>