Performance of two lettuce cultivars under different amounts of irrigation in protected environment

Autores

  • J. N. C. Souza Universidade Federal do Maranhão
  • J. B. C. Souza Universidade Federal do Maranhão
  • M. L. V. Passos Universidade Federal do Maranhão
  • F. A. O. Silva Universidade Federal do Maranhão
  • K. M. Rodrigues Universidade Federal do Maranhão
  • M. F. Farias Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.36560/1252019825

Palavras-chave:

Vegetables, (Lactuca sativa L.), Tensiometry

Resumo

The scarcity of information on the demand of water for the cultivation of vegetables, such as lettuce, in protected environment, especially with regard to the adequate management of irrigation, limits productive performance. The objective of this study was to evaluate the effect of different irrigation slides on two cultivars of lettuce in protected environment. The experiment was conducted in Chapadinha - MA, from March to May 2017. The cultivars of lettuces used were Brava and cv. Grand Rapids-TBR, in a completely randomized experimental design with 5 treatments consisting of irrigation blades: 6,0, 12,0, 16,5, 19,5 e 31,8 mm corresponding to the tensions 6, 10, 15, 30, e 50 kPa, respectively, and five replications, totaling twenty five plots per cultivar. The following variables were analyzed: plant height, stem diameter, number of leaves, root volume, fresh shoot mass, shoot dry weight, fresh root mass, root dry mass and root length. For the cultivar Brava, the irrigation blade for tension of 50kPa, recorded the highest absolute yield of fresh and dry mass of the shoot, with averages of 65.99 g and 7.68 g, respectively. Likewise, for the cultivar cv. Grand Rapids-TBR, the 50 kPa strain also provided the highest numerical estimate for fresh and dry shoot mass, 129.09 g and 51.03 g, respectively. The blades corresponding to the tensions of 6 and 10kPa, consumed about 18 mm per plant more than the tension of 50 kPa, for both cultivars. In an equivalent way, the fresh mass of the aerial part had greater increase in the tension of 50 kPa (65.99 g).

Biografia do Autor

J. N. C. Souza, Universidade Federal do Maranhão

Mestranda em Ciência Animal pela Universidade Federal do Maranhão

J. B. C. Souza, Universidade Federal do Maranhão

Graduando em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Maranhão

M. L. V. Passos, Universidade Federal do Maranhão

Graduando em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Maranhão

F. A. O. Silva, Universidade Federal do Maranhão

Graduando em Zootecnia pela Universidade Federal do Maranhão

K. M. Rodrigues, Universidade Federal do Maranhão

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2007), mestrado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2010) e doutorado em Agricultura Tropical e Subtropical em Gestão dos Recursos Agroambientais pelo Instituto Agronômico (IAC) em Campinas. Atualmente é professor do magistério superior da Universidade Federal do Maranhão lotado no curso de Agronomia do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Geoestatística, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo e conservação do solo, física do solo, geoestatística, fauna do solo,, biodiversidade do solo, manejo agroflorestal e ecossistemas florestais.

M. F. Farias, Universidade Federal do Maranhão

Profa. Dra do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão - CCAA/UFMA. Graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão (2000), mestrado em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003) e doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho (2006). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo de Irrigação,Fertirrigação e Física do Solo

Referências

ALVAREZ, V.H.V.; DIAS, L.E.; RIBEIRO, A.C.; SOUZA, R.B. Uso de Gesso Agrícola. In: RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ V., V. H. (Ed.). Recomendação para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. Aproximação. Viçosa: Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais, 5: 67-78, 1999.

BILIBIO, C.; CARVALHO, J. de A.; MARTINS, M. A.; REZENDE, F. C.; FREITAS, E. A.; GOMES, L. A. A. Desenvolvimento vegetativo e produtivo da berinjela submetida a diferentes tensões de água no solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 14: 730–735, 2010.

DI RIENZO, J.A.; CASANOVES, F.; BALZARINI, M.G.; GONZALEZ, L.; TABLADA, M.; ROBLEDO, C.W.; InfoStat versión 2016. Grupo InfoStat, FCA, Universidade Nacional de Córdoba, Argentina. URL http://www.infostat.com.ar.

LIMA JUNIOR, J.A.; PEREIRA, G.M.; GEISENHOFF, L.O.; VILAS BOAS, R.C.; SILVA, W.G. da; SILVA, A.L.P. da. Produtividade da alface americana submetida a diferentes lâminas de irrigação. Ciências Agrárias, 33: 2681-2688, 2012,

MAGALHÃES, F.F.; CUNHA, F.F. da; GODOY, A.R.; SOUZA, E.J de; SILVA, T. R. da; Produção de cultivares de alface tipo crespa sob diferentes lâminas de irrigação. Water Resources and Irrigation Management, 4: 41-50, 2015.

OLIVEIRA, A. C. B.; SEDIYAMA, M. A. N.; PEDROSA, M. W.; GARCIA, N. C. P.; GARCIA, S. L. R. Divergência genética e descarte de variáveis em alface cultivada sob sistema hidropônico. Acta Scientiarum Agronomy, 26: 211-217, 2004.

PASSOS, M.L.V.; ZAMBRZYCKI, G.C.; PEREIRA, R. S.; Balanço hídrico e classificação climática para uma determinada região de Chapadinha-MA. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada. 4: 758-766, 2016.

QUEIROGA, R.C.F.; BEZERRA NETO, F.; NEGREIROS, M.Z.; OLIVEIRA, A.P.; AZEVEDO, C.M.S.B. Produção de alface em função de cultivares e tipos de tela de sombreamento nas condições de Mossoró. Horticultura Brasileira, Brasília, 19: 192-196, 2001.

RADIN, B.; REISSER JÚNIOR, C.; MATZENAUER, R.; BERGAMASCHI, H. Crescimento de cultivares de alface conduzidas em estufa e a campo. Horticultura Brasileira, 22: 178-181, 2004.

SANTOS, H.G. dos; JACOMINE, P.K.T.; ANJOS, L.H.C. dos; OLIVEIRA, V.A. de; LUMBRERAS, J.F.; COELHO, M.R.; ALMEIDA, J.A. de; CUNHA, T.J.F.; OLIVEIRA, J.B. de. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.ed. Rio de Janeiro, EMBRAPA, 353p, 2013.

SANTOS, M.A.L. dos; SANTOS, D.P. dos; MENEZES, S.M. de; LIMA, D.F.L.; VIEIRA, J.P. da S.; produção da cultura da alface (lactuta sativa L.) em função das lâminas de irrigação e tipos de adubos. Ciência Agrícola, 13: 33-39, 2015.

SETÚBAL, W.J.; SILVA, A R. Avaliação do comportamento de alface de verão em condições de calor no município de Teresina – PI. Teresina, UFPI, 1992. 17 p. (Mimeografado).

SILVA, L.B. da; NOADORI, I.D.E.; SEABRA JÚNIOR, S.; DIAS, L.D.E.; NEVES, J.F. PRODUÇÃO DE ALFACE SOB DIFERENTES SISTEMAS DE CULTIVO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, Centro Científico Conhecer - Goiânia, 9: 1742 – 1749, 2013.

SOUSA, T.P. de; SOUSA NETO, E.P.; SILVEIRA, L.R. de S.; SANTOS FILHO, E.F.S.; MARACAJÃ, P.B. Produção de alface (Lactuca sativa L.), em função de diferentes concentrações e tipos de biofertilizantes. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 9: 168 - 172, 2014.

SUINAGA, F. A.; BOITEUX, L. S.; CABRAL, C. S.; RODRIGUES, C. da S. Métodos de avaliação do florescimento precoce e identificação de fontes de tolerância ao calor em cultivares de alface do grupo varietal crespa. Brasília, DF: Embrapa Hortaliças, 2013. 4 p. (Embrapa Hortaliças. Comunicado Técnico, 89).

VALERIANO, T.T.B.; SANTANA, M.J.; OLIVEIRA, A.F.; MACHADO, L.J.M.; Alface americana cultivada em ambiente protegido submetida a doses de potássio e lâminas de irrigação. Irriga, 21: 620-630, 2016.

ZIECH, A.R.D.; CONCEIÇÃ, P.C.; LUCHESE, A.V.; PAULUS, D.; ZIECH, M.F. Cultivo de alface em diferentes manejos de cobertura do solo e fontes de adubação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 18: 948-954, 2014.

Downloads

Publicado

2019-10-10

Como Citar

Souza, J. N. C., Souza, J. B. C., Passos, M. L. V., Silva, F. A. O., Rodrigues, K. M., & Farias, M. F. (2019). Performance of two lettuce cultivars under different amounts of irrigation in protected environment. Scientific Electronic Archives, 12(5), 67–71. https://doi.org/10.36560/1252019825

Edição

Seção

Agricultural Science

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)