Evaluation of the quality of life of women in the climacteric attended by the basic care of the municipality of Sinop-MT

Autores

  • A. T. Santos Universidade federal do Mato Grosso
  • L. S. S. Biazzi
  • P. P. Cavalcanti Universidade Federal do Mato Grosso
  • J. C. M. Primão Universidade Federal do Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.36560/1342020888

Palavras-chave:

Woman. Quality of life. Climacteric

Resumo

The World Health Organization (WHO) defines climacteric as a biological phase of life and not a pathological process, which refers to the transition between the reproductive and non-reproductive periods of women's lives. The objective of this study was to evaluate the quality of life of climacteric women attended by the Carlos Scholtão Family Health Units and Jardim Botânico. This is a quantitative study, in which 41 women were evaluated, with symptoms related to the climacteric, age from 40 to 65 years, without hormonal therapy. To collect data, two questionnaires were applied, first one with questions related to socio-demographic data, health status and life habits, and to collect data on women's health, the Women's Health Questionnaire (QSM), developed and validated by Hunter in 1992. Through the study it was demonstrated that the climacteric symptoms did not significantly interfere in the quality of life of the women surveyed. It was also observed that even without reported symptoms, many reported using antidepressant medications, which may interfere with the intensity of the climacteric symptomatology. Research has shown to be different from most studies that deal with women's quality of life in the climacteric, which reinforces the importance of local studies with different approaches. Through the research the interest was aroused by the self-knowledge in the participants and evidenced that the nursing has an important role in the incentive of self-care. At the end of the research it was observed that some women had difficulty understanding the questionnaires, which suggests the application of other methodologies in future studies.

Referências

BEREK, J. S. Novak Tratado de Ginecologia. 13 ed. Nova Guanabara Koogan, 2005.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde/Ministério da Saúde. Resolução nº 196, de 10 de outubro de 1996. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Diário Oficial da União, 1996.

SILVERTHORN, D. U. Fisiologia Humana – Uma Abordagem Integrada. 5 eds. Porto Alegre: Artmed, 2010.

GRAÇAS, H.; FELIPE, S. M. Transtornos Biopsicossociais do Climatério e a Intervenção de Enfermagem. Revista Meio Ambiente e Saúde, v. 2 n.1, Minas Gerais, 2007.

LORENZI, D. R. S.; BARACAT, E, C.; SACILOTO, B.; PADILHA, JR I. Fatores Associados à Qualidade de Vida após Menopausa. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 52, n. 5, Rio de Janeiro, 2006.

FERNANDEZ, M. R.; GIR, E.; HAYASHIDA, M. Sexualidade no período climatério: situações vivenciadas pela mulher. Revista da Escola de Enfermagem USP, v.39, n 2, São Paulo, 2005.

FAGULHA, T.; GONÇALVES, B. Menopausa, sintomas de menopausa e depressão: Influência do nível educacional e de outras variáveis sociodemográficas. Psicologia, v.19, n.1-2, Lisboa – Portugal, 2005.

FILHO, E. A. S.; COSTA, A. M. Avaliação da qualidade de vida de mulheres no climatério atendidas em hospital - escola na cidade do Recife, Brasil. Revista Brasileira Ginecologia e Obstetrícia, v.30, n.3, Rio de Janeiro, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÃSTICA – IBGE. Setor de Saúde de Sinop Mato Grosso - Censo Demográfico 2010.

SINOP. Secretaria Municipal de Saúde. Consolidado das famílias cadastradas no ano de 2010. Sinop, 2010.

DIAS, R. S.; RAMOS, C. C.; KER-CORRÊA, F.; TRINCA, L. A.; CERQUEIRA, A. T. A. R.; DALBEN, I.; MORENO, R. A. Adaptação para o português do questionário de auto-avaliação de percepção de saúde física e mental da mulher de meia-idade – Questionário da Saúde da Mulher. Revista Psiquiatria Clínica, v. 29, n. 4, São Paulo, 2002.

GALVÃO, L. L. L. F.; FARIAS, M. C. S.; AZEVEDO, P. R. M.; VILAR, M. J. P.; AZEVEDO, G. D. Prevalência de transtornos mentais comuns e avaliação da qualidade de vida no climatério. Revista Associação Medica Brasileira, v.53, n.5, Rio Grande Norte, 2007.

GRESSLER, L. A. Introdução à pesquisa: projetos e relatórios. 2 ed. São Paulo: Loyola, 2004.

LIMA, J. E. M.; Tradução, adaptação cultural e validação da versão em Português Brasileiro da Escala de Cervantes de qualidade de vida relacionada com a saúde da mulher durante a perimenopausa e na pós- menopausa. Dissertação de mestrado. Rio Grande do Sul, 2009.

LORENZI, D. R. S.; BARACAT, E, C.; SACILOTO, B.; PADILHA, JR I. Fatores Associados à Qualidade de Vida após Menopausa. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 52, n. 5, Rio de Janeiro, 2006.

LORENZI, D. R. S.; CATAN, L. B.; MOREIRA, L. B.; ÃRTICO, G. R. Assistência à mulher climatérica: novos paradigmas. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 62 n.2, Brasília, 2009.

LORENZI, D. R. S.; DANELON, C.; SACILOTO, B.; PADILHA JR, I. Fatores indicadores da sintomatologia climatérica. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v.27, n.1, Rio de Janeiro, 2005.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Manual de Atenção à Mulher no Climatério/Menopausa - Editora do Ministério da Saúde, – (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Série Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos – Caderno, n.9), Brasília, 2008.

NIEVAS, A. F.; FUREGATO, A. R. F.; IANNETTA, O.; SANTOS, J. L. F. Depressão no climatério: indicadores biopsicossociais. Jornal Brasileiro de psiquiatria, v.55, n.4, Rio de Janeiro, 2006.

POLISSENI, A. F.; FERRAZ, S. T.; GRÃœNEWALD, T.; FERNANDES, E. T.; FERNANDES, L. C. Perfil das Participantes do Projeto de Extensão “Viver Melhor – Assistência Integral à s Mulheres no Climatérioâ€. HU Revista, v.35, n.1, Juiz de Fora, 2009a.

ZAMPIER, M. F. M.; TAVARES, C. M. A.; HAMES, M. L. C.; FALCON, G. S.; SILVA, A. L.; GONÇALVES, L. T. O processo de viver e ser saudável das mulheres no climatério. Escola Anna Nery, v.13, n.2, Rio de Janeiro, 2009.

ZAHAR, S. E. V.; ALDRIGHI, J. M. PINTO, A. M. N.; CONDE, D. M.; ZAHAR, L. O.; RUSSOMANO, F. Qualidade de Vida e Terapia de Reposição Hormonal. Revista Associação Médica Brasileira, v.51, n.3, São Paulo, 2005.

Downloads

Publicado

2020-03-31

Como Citar

Santos, A. T., Biazzi, L. S. S., Cavalcanti, P. P., & Primão, J. C. M. (2020). Evaluation of the quality of life of women in the climacteric attended by the basic care of the municipality of Sinop-MT. Scientific Electronic Archives, 13(4), 86–96. https://doi.org/10.36560/1342020888

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>