Attitudes of Female Sexual Behavior and Its Peculiarities

R. S. Brito, K. M. H. Cavalcante, V. S. Lima, P. P. Cavalcanti

Resumo


This study aimed to characterize the attitudes of female sexual behavior. This is a descriptive and quantitative. The sample consisted of 100 women attending the Family Health Strategy Sinop - MT. Data were collected through a semistructured interview containing questions regarding sexual health. The study complied with the ethical standards of research with humans. It is noteworthy that the age of participants ranged from 18 to 85 years and 3% said to be sex workers. Note that 40% of respondents cannot be sexual excited before penetration and 14% have dyspareunia. As to orgasm, 4% reported never having reached, 1% do not have an orgasm at the moment and 95% have made it clear that orgasm. Thus, sexual function may be affected, facts that can be avoided and / or minimized with comprehensive care in nursing consultation. 


Palavras-chave


Women's Health, Sexual Behavior, Sexuality

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, P. S.; NICOLAU, A. I. O.; MOURA, E. R. F.; PINHEIRO, A. K. B. Perfil sociodemográfico e comportamento sexual de prostitutas de Fortaleza – CE. Texto Contexto Enferm. 17 (3): 427-434, 2008.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos anticoncepcionais. Brasília: Ministério da Saúde, 2009.

BRASIL. Departamento de Atenção Básica. Saúde sexual e saúde reprodutiva. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

BORGES, A. L. V.; SCHOR, N. Início da vida sexual na adolescência e relações de gênero: um estudo transversal em São Paulo, Brasil, 2002. Cad. Saúde Pública. 21 (2): 499-507, 2005.

CARVALHO, G. M. Enfermagem em ginecologia. Edição revista e ampliada. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 2004.

Conselho Nacional de Saúde, Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Ética em pesquisa. Resolução Nº 196/96 – Normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília (Brasil): Ministério da Saúde, 1996.

FERREIRA, A. L. C. G.; SOUZA, A. I.; AMORIM, M. M. R. Prevalência das disfunções sexuais femininas em clinica de planejamento familiar de um hospital escola no Recife, Pernambuco. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant. 7 (2): 143-150, 2007.

FREITAS, F.; MENKE, C. H.; RIVOIRE, W. A.; PASSOS, E. P. Rotinas em ginecologia. Artmed. 5: 2006.

MADALOZZO, R. An analysis of income differentials by marital status. Est. Econ. 38 (2): 267-292, 2008.

MOREIRA, I. C. C. C.; MONTEIRO, C. F. S. Vivência da entrevista fenomenológica com prostitutas: relato de experiência. Rev. Bras. Enferm. 62 (5): 789-792, 2009.

NAJAFABADY, M. T.; SALMANI, Z.; ABEDI, P. Prevalence and related factors for anorgasmia among reproductive aged women in Hesarak, Iran. CLINICS. 66(1): 83-86, 2011.

RIVEMALES, M. C. C.; NASCIMENTO, E. R.; PAIVA, M. S. Cuidado de enfermagem na percepção de Usuárias de um serviço público de saúde em Salvador (BA). Revista Baiana de Enfermagem. 23 (3): 67-78, 2009.

SADOCK, V. A.; SADOCK, B. J. Compêndio de psiquiatria: ciência do comportamento e psiquiatria clínica. BRUNNER & SUDDARTH. 9. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

SCANAVINO, M. T.; ABDO, C. H. N. Parceiros sexuais nos últimos 12 meses e parceiros significativos ao longo da vida, segundo o Estudo da Vida Sexual do Brasileiro. Diagn. Tratamento. 15 (3): 138-142, 2010.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SINOP. Consolidado das Famílias Cadastradas no ano de 2010. Sinop, 2010.

SOUZA, M. M.; DEL-RIOS, N. H. A.; MUNARI, D.B.; WEIRICH C. F. Orientação sexual: conhecimentos e necessidades de professores de um Colégio Público de Goiânia-GO. Rev. Eletr. Enf. 10 (2): 460-471, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/812015166

Apontamentos



Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901