Technological properties of urban pruning waste in the municipality of Alta Floresta – MT

V. L. Choa, E. P. Amorim, T. P. M. Arruda

Resumo


Objetivou – se analisar no trabalho a qualidade química do carvão vegetal, densidade e anatomia da madeira de três espécies florestais oriundas de resíduos de podas urbanas do município de Alta Floresta – MT: Oiti Licania tomentosa; Bajão: Parkia multijugae e Ipê: Handroantthus sp. As amostras foram coletadas em forma de discos, numa carvoaria local da cidade e tiveram suas dimensões diminuídas em laboratório. Os parâmetros tecnológicos da madeira foram determinados seguindo normas estabelecidas na literatura. Foi possível verificar que as espécies apresentaram diferenças estatísticas entre si paras os parâmetros tecnológicos analisados. De modo geral os resíduos de espécies florestais podem ser empregados na forma de produção de carvão vegetal, sendo uma fonte econômica do município.


Palavras-chave


Resíduos urbanos, Carvão vegetal, Propriedades tecnológicas da madeira.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS (ABNT). NBR 11941: Determinação da densidade básica. Rio de Janeiro- RJ. 6p. 2003.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 8112 - Carvão vegetal: análise imediata. Rio de Janeiro-RJ. 6p. 1986.

BARRICHELO, L, E, G. Aproveitamento industrial para a produção de celulose de madeiras de eucaliptos adaptados à regiões susceptíveis à geada 12: 77 – 95, 1976.

BRAND, A. M., CUNHA, A.B, CARVALHO, A.F., BREHMER, D.R., KUSTER, L.C. Análise da qualidade da madeira e do carvão vegetal produzido a partir da espécie Miconia cinnamomifolia (De Candolle) Naudin (Jacatirão-açu) na agricultura familiar, em Biguaçu, Santa Catarina. Scientia forestalis. 41: 401-410, 2013.

BRAND et al., Qualidade do carvão vegetal para o consumo doméstico comercializado na região serrana sul de Santa Catarina. Revista árvore. 39: 1165-1173, 2015.

BRITO, O, J. O uso energético da madeira. Estudos Avançados. Piracicaba, BR. 9p. 2007.

CORTEZ, C.M. Estudo do potencial de utilização da biomassa resultante da poda de árvores urbanas para a geração de energia:

estudo de caso: AES Eletropaulo. 246f. (Tese de doutorado)- Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. 2011.

EMBRAPA FLORESTA. Comunicado técnico. Colombo-PR. 2009.

FAO. Forests and Energy Key Issues. FAO. Forest paper. 2008.

FRANKLIN, G. L. Preparation of thin sections of synthetic resins and wood – resin composites, and a new macerating method for wood. Nature. 155:51,1945.

IAWA COMMITTEE. List microscope features of hardwood identification. IAWA Bulletin, 10:221 - 259, 1989.

JOHANSEN, D.A. Plant Microtechnique. macgraw-hill book. Company. 523 p. 1940.

KUMAR, R et al. Study of age and height wise variability on calorific value and other fuel properties of ucalyptus hybrid, Acacia auriculaeformis and Casuarina equisetifolia. Biomass & Bioenergy, 35:1339-1344, 2011.

LELLES, J.G., SILVA, J.C. Problemas e soluções sobre rachaduras de topo de madeiras de Eucalyptus sp. nas fases de desdobro e de secagem. Informe Agropecuário. 18: 62-69, 1997.

MEIRA, A, M. de Gestão de resíduos da arborização urbana. 178p. (Tese de Doutorado) - Escola Superior de Agricultura de Luiz Queiroz. Universidade de São Paulo, Piracicaba, São Paulo, Brasil. 2010.

MENDES, M. G., GOMES, P. A., OLIVEIRA, J. B. O processo de carbonização continua da madeira. Propriedades e controle de qualidade do carvão vegetal. CETEC. 1: 77-89,1982.

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA (MME). Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Rio de Janeiro - RJ. 2013.

OLIVEIRA, J. B., GOMES, P. A., ALMEIDA, M. R. Propriedades do carvão vegetal. Carvão vegetal: destilação, carvoejamento, controle de qualidade. Belo Horizonte- MG.v.1:39-61,1982.

PURANO E, O., A, MAGALHAES, M, L. Aproveitamento de residuos da poda de árvores da cidade do Rio de Janeiro para compostagem. Revista de ciências Agro-ambientais. 8: 113-125, 2010.

QUIRINO, W.F., VALE, A.T., ANDRADE, A.P.A. de., ABREU, V.L.S., AZEVEDO, A. C. dos SANTOS. Poder Calorífico da Madeira e de Resíduos Lignocelulósicos. Biomassa & Energia, 1: 173-182, 2004.

SILVA, L.L H., OLIVEIRA, E., CALEGARI, L., PIMENTA, M.A.C., PIMENTA, A.S., DANTAS, M.K.L. Características energéticas do carvão vegetal de Aroeira (Myracrodruon urundeuva allemão) e Leucena (Leucaena leucocephala (lam.) r. de wit). Ciencia Florestal, 28: 412-419, 2018.

TRUGILHO, P. F., Da SILVA, J.R.M., MORI, F. A., LIMA, J.T., MENDES, L. M., MENDES, L. F.B. Rendimentos e características do carvão vegetal em função da posição radial de amostragem em clones de Eucalyptus. Cerne. 11: 178-186, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/1312020827

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901