Modes of application with Cobalt and Molybdenum fertilizations in different stages of soybean development and yield of soybean

A. G. Comiran, C. S. Pereira, I. V. A. Fiorini, P. L. F. Galdino, F. G. Moraga, A. A. Silva

Resumo


The elements cobalt (Co) and molybdenum (Mo) are micronutrients of great importance for legumes, since they play a fundamental role in the fixation of atmospheric nitrogen assimilated by bacteria of the genus Bradyrhizobium. The objective of the present study was to evaluate the yield components of soybean as a function of different doses and time of application of cobalt and molybdenum via leaf. The experiment was conducted in the municipality of Vera - Mato Grosso. The treatments consisted of the combination of five doses of the micronutrient (0, 50, 100, 150 and 300 mL ha-1) with two phenologicals stages of application periods (V5, fifth node and fourth trifoliate flower and R2, full flowering)). The characteristics evaluated: dry mass of the nodules, number of nodules, number of pods per plant, grains per pod, mass of 100 grains and productivity. It is concluded that under the conditions of this experiment, the application of cobalt and molybdenum via leaf in V5 and R2 does not alter soybean nodulation. The application in the reproductive period (R2) provides a greater number of pods per plant and number of grains per pod, but does not affect productivity


Palavras-chave


Glycine max (L.) Merril. Mineral nutrition. Foliar application. Micronutrients

Texto completo:

PDF

Referências


ALBINO, U. B & CAMPO, R. J. (2001). Efeito de fontes e doses de molibdênio na sobrevivência do Bradyrhizobium e na fixação biológica de nitrogênio em soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 36 (3): 527-534.

BISSANI, C. A.; GIANELLO, C.; TEDESCO, M. J. & CAMARGO, F. A. O. (2004). Fertilidade do solo e manejo da adubação das culturas. Porto Alegre: Gênesis.

BORKERT, C. M.; YORINORI, J. T.; CORREIA-FERREIRA, B. S.; ALMEIDA, A. M. R.; FERREIRA, L. P. & SFREDO, G. J. (1994) Seja o doutor da sua soja. Informações Agronômicas. n. 66. Piracicaba: POTAFÓS.

BROCH, D. L. & RANNO, S. K. (2010). Fertilidade do solo, adubação e nutrição da cultura da soja. Mato Grosso do Sul: Fundação MS.

CERETTA, C. A.; PAVINATTO, A.; PAVINATTO, P. S.; MOREIRA, I. C. L.; GIROTTO, E. & TRENTIN, E. E. (2005). Micronutrientes na soja: produtividade e análise econômica. Ciência Rural, 35 (3): 576-581.

CONAB. COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (2018). Acompanhamento da safra brasileira: grãos. Brasília.

DALMOLIN, A. K. Aplicação foliar de molibdênio e cobalto na cultura da soja: rendimento e qualidade de sementes (2015). Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Sementes) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.

DOMINGOS, C. S.; LIMA, L. H. S. & BRACCINI, A. L. (2015). Nutrição mineral e ferramentas para o manejo da adubação na cultura da soja. Scientia Agraria Paranaensis, 14 (3): 132-140. DOI: 10.18188/1983-1471/sap.v14n3p132-140

DOURADO NETO, D.; DARIO, G. J. A.; MARTIN, N. T.; SILVA, M. R.; PAVINATTO, P. S. & HABITZREITER, T. L. Adubação mineral com cobalto e molibdênio na cultura da soja. Semina: Ciências Agrárias, 33 (1): 2741-2752. DOI: 10.5433/1679-0359.2012v33Supl1p2741

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA. Amostragem e cuidados na coleta de solo para fins de fertilidade. Manaus: Embrapa Amazônia Ocidental, 2014, 22p.

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA.. Tecnologias de produção da soja – Região central do Brasil (2014). Londrina: Embrapa Soja, 2013, 266p.

FERREIRA, D. F. (2011) Sisvar: A computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35(6),1039-1042. DOI: 10.1590/S1413-70542011000600001

LANTMANN, A. F. (2002). Nutrição e produtividade da soja com molibdênio e cobalto. Artigos Embrapa - Coletânea Rumos e Debates, 2002. Disponível em:

MARCONDES, J. A. P. (2001). Nodulação e absorção de nitrogênio pela soja em resposta à aplicação de cobalto e molibdênio. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

MARCONDES, J. A. P. & CAIRES, E. F. (2005). Aplicação de molibdênio e cobalto na semente para o cultivo da soja. Bragantia, 64 (4): 687-694.

MENICHELE, A. W. B.; SILVA, J. A. G.; FERREIRA, I. Y. M.; AMARAL JÚNIOR, L. & PELÁ, A. (2015). Adubação foliar com molibdênio e cobalto na cultura da soja. In: Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Goiás: CEPE. Pirenópolis, GO, Anais... Pirenópolis.

MILANI, G. L.; OLIVEIRA, J. A.; SILVA, L. H. C.; VON PINHO, E. V. R. & GUIMARÃES, R. M. (2008). Nodulação e desenvolvimento de plantas oriundas de sementes de soja com altos teores de molibdênio. Revista Brasileira de Sementes, 30 (2): 19-27.

MILANI, G. L.; OLIVEIRA, J. A.; PEREIRA, E. M.; CARVALHO, B. O.; OLIVEIRA, G. E. & COSTA, R. R. (2010). Aplicação foliar de molibdênio durante a maturação de sementes de soja. Ciência Agrotecnologia, 34 (4): 810-816.

POLVANI, R. L.; PINTO, J. C.; MANNIGEL, A. R. & MORESKY, H. M. (2012). Resposta da soja inoculada a diferentes doses de molibdênio. In: Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica, 6, 2012, : Anais... Centro Universitário de Maringá, Maringá.

SFREDO, G. J. & OLIVEIRA, M. C. N. (2010). Soja: molibdênio e cobalto. Embrapa Soja. Documentos 322.

SILVA, A. F.; SCHONINGER, E. L.; MONTEIRO, S.; CAIONE, G.; CARVALHO, M. A. C. DE; DALCHIAVON, F. C. & NOETZOLD, R. (2011). Inoculação com Bradyrhizobium e formas de aplicação de cobalto e molibdênio na cultura da soja. Agrarian, 4 (12): 98 – 104.

SORATTO, R. P.; FERNANDES, A. M.; SOUZA, E. F. C. & SOUZA-SCHLICK, G. D. (2011). Produtividade e qualidade dos grãos de feijão em função da aplicação de nitrogênio em cobertura e via foliar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 35 (3): 2019-2028. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832011000600018

TORRES, H. R. M.; SANTOS NETO, A. R.; RIBEIRO, P. R. C. C. & RIBEIRO, J. J. (2014). Produtividade do feijão Phaseolus vulgaris L. com aplicações crescentes de molibdênio associadas ao cobalto via foliar. Enciclopédia Biosfera, 10 (18): 2468 - 2




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/1332020837

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901