Microbiological and parasitological analysis of sand samples of recreation of the municipality of Sinop-MT areas

F. Freitas, B. P. Deecken, R. H. R. Pena, I. P. Tancredi, B. G. Castro

Resumo


Recreational sands are important places for human interaction, despite the risk to public health as a result of being exposed to the accumulation of bacteria, fungi, viruses and parasites due to daily exposure to waste produced by users, human secretions and animal excrement. The objective of this study was to perform the microbiological and parasitic analysis of 16 sandboxes for recreation in the municipality of Sinop-MT. The evaluations included: enumeration of total and thermotolerant coliforms, identification of Escherichia coli and endoparasites research. Of the samples surveyed, 68,75% (11/16) presented contamination by total coliforms and 43,75% (7/16) presented contamination by thermotolerant coliforms. The presence of Escherichia coli was detected in seven (43,75%) of the samples, and no contamination was detected by helminth eggs, but three samples (18,75%) were contaminated by larvae of the filiform and rabditoid type. In this way it is evident that the recreation areas of Sinop municipality have contamination that exposes the population to risk of infections, being necessary a better monitoring and hygiene so that it has an improvement of quality of these areas.

Palavras-chave


Microbiology; Parasitology; Sand Quality; Public health; Escherichia coli

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, ABPF., CÂNDIDO, AC., SOUSA, VRF. Larvas de helmintos em áreas de recreação de creches de Cuiabá, Mato Grosso. Semina: Ciências Agrárias 31: 469-472, 2010.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. Resolução CONAMA Nº 274, de 29 de novembro de 2000. Define os critérios de balneabilidade em águas brasileiras. Diário Oficial da União. 25 de janeiro de 2001. Seção 1.

CAMARA DOS DEPUTADOS. PL 1.416/2015. 2018. Acesso em 29 de janeiro de 2019:

https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=1229832

CORRÊA, GLB., MOREIRA, WS. Contaminação do solo por ovos de Ancylostoma spp. em praças públicas, na cidade de Santa Maria, RS, Brasil. FZVA 2/3: 18-23, 1996.

KONEMAN, EW., Allen, SD., Janda, WM., Procop, G., Schreckenberger, PC., Winn, WC., Woods, G. Diagnóstico Microbiológico: Texto e Atlas Colorido. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, BRA. 1565p. 2008.

MARTINS, RS., ALVES, VMT. Análise de areias de parques públicos nos municípios de Castelo e Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo. PUBVET 12: 1-9, 2018.

MONTEIRO, SG. Parasitologia na Medicina Veterinária. Roca, Rio de Janeiro, BRA. 370p. 2017.

RIBEIRO, KL., FREITAS TD., TEIXEIRA, MC., ARAÚJO, FAP., MARDINI, LBLF. Avaliação da ocorrência de formas parasitárias no solo de praças públicas do município de Esteio (RS). Rev Acad Ciênc Agra Ambient 11: 59-64, 2013.

RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SMAC. Resolução SMAC Nº 468 de 28 de janeiro de 2010. Dispõe sobre a análise e informações das condições das areias das praias no Município do Rio de Janeiro. Diário Oficial do Rio. 29 de janeiro de 2010 Nº 211.

SANTARÉM, VA., GIUFFRIDA, R., ZANIN, GA. Larva migrans cutânea: ocorrência de casos humanos e identificação de larvas de Ancylostoma spp em parque público do município de Taciba, São Paulo. Rev Soc Bras de Med Trop 37: 179-181, 2004.

SÃO PAULO. Centro de Vigilância Sanitária. Comunicado Técnico CVS 31, de 12 de abril de 2012. Referências técnicas para prevenção de riscos sanitários no uso de tanques e outros compartimentos com areia, destinados à recreação infantil, lazer e esporte. Diário Oficial do Estado de São Paulo. 13 de abril de 2012. Seção 1.

SILVA, N., Junqueira, VCA., Silveira, NFA., Taniwaki, MH., Santos, RFS., Gomes, RAR. Manual de Métodos de Análise Microbiológica de Alimentos e Água. Livraria Varela, São Paulo, BRA. 632p. 2010.

SOUSA, VR., ALMEIDA, AF., CÂNDIDO, AC., BARROS, LA. Ovos e larvas de helmintos em caixas de areia de creches, escolas municipais e praças públicas de Cuiabá, MT. Ci Anim Bras 11: 390-395, 2010.

VALDEZ, RH., GROSBELLI, PP. Análise microbiológica de areias de praças públicas da cidade de Palmas (PR). Ambiência – Revista do Setor de Ciências Agrárias e Ambientais 8: 833-844, 2012.

VAZ, LO., SILVA, MB., RAMOS, AD., GONÇALVES, RF. Consolidação dos dados sobre a qualidade sanitária de areias de contato primário em escolas e logradouros públicos da cidade de Vitória – Espírito Santo. 23º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2005.

WEISS, RDN., FRIEDRICH, RSC., MARTINS, BR., PAULA, KC., WEISS, LHN., SMANIOTTO, H., SILVA, CFB. Qualidade microbiológica de areias recreacionais de creches e praças públicas de santa Maria-RS. Saúde, Santa Maria 32: 30-34, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/1332020870

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901