Stability assessment of Lanette Lotion of a magistral pharmacy in the region of Curitiba

A. C. Santos, B. K. Souza, A. F. T. Souza, N. C. Lubi, T. F. B. X. Silva

Resumo


Emulsions are heterogeneous systems, thermodynamically unstable, formed by the combination of hydrophilic and lipophilic substances through agents of surface tension. The product quality control is handled as the most important to study the stability of the final product which determines the length of time that can be considered stable, that means, able to keep up with the same characteristics which have been developed. The study aimed to evaluate the physical and chemical parameters, by determining the pH, viscosity and organoleptic characteristics (color, odor and appearance) of the lotion Lanette used in a magistral pharmacy in Curitiba. The formulation commonly used in the pharmacy was stored at temperatures of 4 ° C ambient and 45 ° C over a period of 90 days which was divided into 6 times to carry out aspects of analysis. In the preliminary stability study there was no change, but in the accelerated there was a slight modification in appearance, this change was more intense in the formulation conditioned at room temperature and 4 ° C. The pH has had a significant change at all temperatures. Concluding that against accelerated stability tests Lanette lotion, even with the changes, showed good stability.


Palavras-chave


Lotion Lanette, stability assessment, base stability

Texto completo:

PDF

Referências


Barata, E. A. F. A Cosmetologia: princípios básicos. 1ª ed. São Paulo: Editora Tecnopress, 2002.

HIR A. L. Noções de Farmácia Galênica. 6ª ed. Ed. Organização Andrei, São Paulo ,1997.

Amaral, M. P. H.; Vilela, M. A. P. Controle de qualidade na farmácia de manipulação. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2002.

Brasil, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Resolução RE n° 1, de 29 de julho de 2005. Guia para realização de estudos de estabilidade.

Ferreira, RM; Zatti, RA. Protocolo para ensaios de estabilidade físico-química de fitocosméticos. ANAIS SIMPAC, v. 5, n. 1, 2015.

Brasil. ANVISA. Guia de Estabilidade de Produtos Cosméticos [Internet]. Séries Temáticas. 2004. [citado 2010 ago 13]. Disponível em: .

Lima, M. D. S. F. Desenvolvimento de uma formulação cosmética contendo ativos naturais para o tratamento de melasma. 2017.

Rodrigues, L. M. Desenvolvimento e estudo de estabilidade preliminar de emulsões óleo/água (O/A) a base de óleos vegetais para prevenção e/ou adjuvante no tratamento de úlceras por pressão.2014.

Frazão, J. Desenvolvimento de formulações cosméticas utilizando produtos apícolas e voláteis de cogumelos silvestres: determinação da estabilidade e toxicidade (Doctoral dissertation). 2017.

Baby, AR; Haroutiounian, CA; Sarruf, FD; Tavante, CRJ; Pinto, CA et al. Estabilidade e estudo de penetração cutânea in vitro da rutina veiculada em uma emulsão cosmética através de um modelo de biomembrana alternativo. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas 2008; 44 (2): 233-48.

Escarrone, ALV; Bittencourt, CF; Friedrich, M; Primo FT; Fanck, JAB et al. Avaliação da Estabilidade Físico-Química de Creme Não Iônico Inscrito no Formulário Nacional. Latin American Journal of Pharmacy 2008; 26 (4): 558-62

Masmoudi H, Le Dréau Y, Piccerelle P, Kister J. The evaluation of cosmetic and pharmaceutical emulsions aging process using classical techniques and a new method: FTIR. Int J Pharm. 2005; 289(1/2):117-31.




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/1352020913

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901