Inserção de auriculoterapia no processo de trabalho de enfermeiros na atenção básica: potencialidades e fragilidades

Autores

  • Maycon Hoffmann Cheffer Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Julia Kemper Ballem Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Tayane Beatris Bernardis Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Renata Zanella Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Terezinha Aparecida Campos Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Rafaela Bramatti Silva Razini Oliveira Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel
  • Ityara Cristina Busetti Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, Campus Cascavel

DOI:

https://doi.org/10.36560/15520221532

Palavras-chave:

Auriculoterapia, Práticas Integrativas e Complementares, Sistema Único de Saúde, Enfermeiro

Resumo

A auriculoterapia é uma técnica que possibilita a estimulação de pontos no pavilhão auricular, com fundamentos na alternativa. Assim, este estudo tem como objetivo compreender de que forma ocorre a aplicação da auriculoterapia por enfermeiros em unidades de saúde da atenção primária em um município da região Oeste do Paraná. Trata-se de uma pesquisa exploratória-descritiva, de abordagem qualitativa interpretada a partir da análise de conteúdo. A coleta de dados foi realizada no período de março a setembro de 2021. A análise de conteúdo revelou cinco categorias: Processo preparatório: Teórico e prático para aplicação da auriculoterapia; Realização da auriculoterapia na prática; Tratamento e conhecimento sobre a técnica antes do curso; Divulgação da aplicação da auriculoterapia e sintomas tratados; e Dificuldades para a aplicação. Há uma versatilidade das possibilidades de tratamento com a auriculoterapia para diversas doenças e queixas dos pacientes, no entanto, os enfermeiros encontram dificuldades na aplicação da auriculoterapia devido à falta de aquisição de materiais necessários para aplicação da auriculoterapia no Sistema Único de Saúde.

Referências

AZEVEDO, C.; MOURA, C. C.; CORRÊA, H. P.; ASSIS, B.B.; MATA, L.R.F.; CHIANCA, T. C. M. Auriculotherapy in adults and elderly people with lower urinary tract symptoms: an integrative review. Revista da Escola de Enfermagem da USP [online]. v. 55, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/S1980-220X2020000503707.

BOURSCHEIDT, M.; TACHEMCO, P. M.; ROCCO, C. P.; SERPA, E. A.; ZANELLA, A. K. Principais motivos para a procura por atendimentos com auriculoterapia. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 9, n. 3, 14 fev. 2020. Disponível em: <https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/SIEPE/article/view/86275>. Acesso em 14 out. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Formação em Auriculoterapia para profissionais de saúde da Atenção Básica [relatório final]. Florianópolis: UFSC; 2017. Disponível em: <https://auriculoterapiasus.ufsc.br/informacoes-gerais/>. Acesso em: 06 out. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 971 de 03 de maio de 2006. Aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União. 03 mai. 2006. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0971_03_05_2006.html>. Acesso em: 20 out. 2021.

BROVEDAN, A. A auriculoterapia como complemento na redução dos sintomas respiratórios da doença pulmonar obstrutiva crônica. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma. Disponível em: <http://repositorio.unesc.net/handle/1/71>. Acesso em: 06 out. 2021.

DESLANDES, S.F; GOMES, R. Análise de dados em pesquisa qualitativa. In: Minayo MCS, organizadora. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 34 ed. São Paulo: Vozes; 2015. p. 67-80.

FRÓES, N. B.M.; ARRAIS, F. A. S.; AQUINO, P. S.; MAIA, J.C.; BALSELLS, M. M. D. Effects of auriculotherapy in the treatment of nausea and vomiting: a systematic review. Revista Brasileira de Enfermagem [online]. v. 75, n. 01, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020-1350

HOHENBERGER, G. F.; DALLEGRAVE, D. Auriculoterapia para profissionais de saúde: percursos possíveis da aprendizagem à implantação na Unidade de Saúde. Saúde em Redes, Porto Alegre, v. 2, n. 4, p. 372-382, 2016. Disponível em: <https://www.researchgate.net/profile/daniela-dallegrave/publication/316832675_auriculoterapia_para_profissionais_de_saude_percursos_possiveis_da_aprendizagem_a_implantacao_na_unidade_de_saude/links/599ed51845851574f4b86ac5/auriculoterapia-para-profissionais-de-saude-percursos-possiveis-da-aprendizagem-a-implantacao-na-unidade-de-saude.pdf>. Acesso em: 06 out. 2021.

HONG, J. P. Métodos de Acupuntura e Manipulações. São Paulo: Roca, 2005.

JALES, R.D.; GOMES, A. L. C.; SILVA, F. V.; PEREIRA, I. L.; COSTA, L. F. P.; ALMEIDA, S. A. Auriculoterapia no cuidado da ansiedade e depressão. Revista de enfermagem UFPE on line. [S.l.], v. 13, e240783, 2019. DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963.2019.240783

JALES, R.; SILVA, F. V.; PEREIRA, I.L.; GOMES, A. L. C.; NOGUEIRA, J. A.; ALMEIDA, S. A. La auriculoterapia en el control de la ansiedade y el estrés. Enfermería Global. v. 20, n. 2, p. 345-389, abril 2021. DOI: https://dx.doi.org/10.6018/eglobal.448521.

KUREBAYASHI, L. F. S.; DA SILVA, M. J. P. Auriculoterapia Chinesa para melhoria de qualidade de vida de equipe de Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem¸ Brasília, v. 68, n. 1, p. 117-123, fev. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167.2015680116p.

SOUSA, L. A.; BARROS, N. F.; PIGARI.; BRAGHETTO, G. T.; KARPIUCK, L. B.; PEREIRA, M. J. B. Acupuntura no Sistema Único de Saúde – uma análise nos diferentes instrumentos de gestão. Ciência & saúde coletiva [online]. v. 22, n. 1, p. 301-310, 2015. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/csc/v22n1/1413-8123-csc-22-01-0301.pdf>. Acesso em: 01 out. 2021.

SOUZA, M. P. Tratado de Auriculoterapia. Brasília/DF: Editora Novo Horizonte, 2007.

Publicado

2022-04-29

Como Citar

Cheffer, M. H., Ballem, J. K. ., Bernardis, T. B. ., Zanella, R. ., Campos, T. A. ., Oliveira, R. B. S. R. ., & Busetti, I. C. . (2022). Inserção de auriculoterapia no processo de trabalho de enfermeiros na atenção básica: potencialidades e fragilidades. Scientific Electronic Archives, 15(5). https://doi.org/10.36560/15520221532

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)