Uso de diferentes substratos orgânicos no crescimento e desenvolvimento inicial do agrião da terra (Barbarea verna)

Autores

  • Maria Milena de Jesus Souza Universidade do Estado da Bahia
  • Esmeraldo Dias da Silva Universidade do Estado da Bahia
  • Noedson Ribeiro de Freitas Passos Universidade do Estado da Bahia
  • João Pedro Ferreira de Santana Júnior Universidade do Estado da Bahia
  • Flávio José Vieira de Oliveira Universidade do Estado da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.36560/17120241835

Palavras-chave:

Mudas., Compostos Orgânicos., Produção., Hortaliças folhosas

Resumo

Objetivou-se neste trabalho avaliar o crescimento e desenvolvimento inicial do agrião (Barbarea versa). O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação em delineamento inteiramente casualizado com 5 tratamentos: areia, areia/esterco (2:1), areia /humus (2:1), esterco/humus (2:1), e substrato comercial com cinco repetições. O tratamento T3 areia/húmus apresentou melhor desenvolvimento nos parâmetros agronômicos, altura da planta (ALT), comprimento da raiz (CR), número de folhas (NF), massa fresca (MF), massa seca (MS), de (Barbarea versa). Conclui-se que dentre os substratos utilizados T3 apresentou os melhores resultados em geral, com exceção do parâmetro CPR, no qual T5 se destacou estatisticamente. Esses resultados indicam que, tanto o T3 quanto o T5 são alternativas viáveis na produção de mudas de agrião da terra.

Biografia do Autor

Esmeraldo Dias da Silva, Universidade do Estado da Bahia

The objective of this work was to evaluate the growth and initial development of watercress (Nasturtium officinale). The experiment was conducted in a greenhouse on an entirely randomized design with five treatments: sand, sand/waste (2:1), sand/humus (2:1), manure/humus (2:1), and commercial substrate with five repetitions. The treatment T3 sand/humus showed better development in agronomic parameters, plant height (ALT), root length (CR), number of leaves (NF), fresh mass (MF), dry mass (DM), of Nasturtium officinale. It is concluded that among the substrates used, T3 presented the best results in general, with the exception of the CPR parameter, in which T5 stood out statistically. These results indicate that both T3 and T5 are viable alternatives in the production of watercress seedlings.

Referências

ARAÚJO, A.C; ARAÚJO, ARIOS, A.C; DANTAS, M.K.L; PEREIRA, WALTER, E.A; MAGDI, A.I. Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa. [Use of organic substrates on the production of ‘Formosa’ papaya seedlings.] Revista Brasileira de Agroecologia, 8 (1), pp. 210-216, 2013.

BARBOSA, J.C.; MALDONADO J.W. AgroEstat – Sistema para Análises Estatísticas de Ensaios Agronômicos. Jaboticabal: UNESP, 2015.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3 ed. Viçosa-MG: UFV, 2012. 421p

CALDEIRA, M. V. W., FENILLI, T. A. B., & HARBS, R. M. P. Composto orgânico na produção de mudas de aroeira-vermelha. Scientia Agraria, 9(1), 027-033, 2008.

GOMES, J.M.; COUTO, L.; LEITE, H.G. et al. Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis. Revista Árvore, v.26, n.6, p.655-664, 2002.

GARCIA, J.N. Concentrações e fontes de silício foliar na produção e na qualidade do agrião e do almeirão. (Mestrado em Agronomia). universidade estadual paulista–UNESP, Jaboticabal-SP. 2018.

LÜDKE, I.; SOUZA, R. D.; BRAGA, D. O.; LIMA, J. L.; RESENDE, F. V. Produção de mudas de pimentão em substratos a base de fibra de coco verde para agricultura orgânica. In: IX SIMPÓSIO NACIONAL DO CERRADO. II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE SAVANAS TROPICAIS. (2008)

LIMA, L. K. S.; MOURA, M. D. C. F.; SANTOS, C. C.; NASCIMENTO, K. P. D. C.; DUTRA, A. S. Produção de mudas de aroeira-do-sertão (Myracrodruon urundeuva Allemão) em resíduos orgânicos. Revista Ceres, 64, 1-11, 2017.

LACERDA, M.R.; GIACOMOZZI, C.M.; OLINISKI, S.R.; TRUPPEL, T.C. Fundamentam sua prática.

Saúde e S, v.15 n.2. São Paulo, 2006.

LACERDA, M. R., Giacomozzi, C. M., Oliniski, S. R., & Truppel, T. C. Atenção à saúde no domicílio:

modalidades que fundamentam sua prática. Saúde e sociedade, 15, 88-95, 2006.

MEDEIROS, D.C.; FREITAS, K.C.S.; VERAS, F.S.; ANJOS, R.S.B.; BORGES, R.D.; NETO, J.G.C.; NUNES, G.H.S.; FERREIRA, H.A. Qualidade de mudas de alface em função de substratos com e sem biofertilizantes. Horticultura Brasileira, v.26, n.2, 2008.

MENDONÇA, V.; ABREU, N.A.A.; SOUZA, H.A.; FERREIRA, E.A.; RAMOS, J.D. Diferentes níveis de composto orgânico na formulação de substrato para a produção de mudas de mamoeiro ‘formosa’. Caatinga,v.20, n.1, p.49-53, 2007.

NOLLI, D.; HOJO, E.T.D. Diferentes fotoperíodos na germinação de semente do Agrião da Terra. Revista Cultivando o Saber, v. 15, p. 186-195, 2022.

OLIVEIRA, J.S.; NUNES H.B.; SOARES, J.P.N.; REIS T.C. Desenvolvimento inicial da aroeira (Myracrodruon urundeuva) com uso de substratos agroindustriais. Revista de Biologia e Ciências da Terra, 12:09-13, 2012.

RAMOS, J.D.; CHALFUN; N.N.; PASQUAL, M.; RUFINI, J.C. Produção de mudas de plantas frutíferas por semente. Informe Agropecuário, 23(216), 64-72, 2002.

SILVEIRA, E.B.; RODRIGUES, V.J.L.B.; GOMES, A.M.A.; MARIANO, R.L.R; MESQUITA, J.C.P. Pó de coco como substrato para produção de mudas de tomateiro. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 20, n. 2, p. 211-216, 2002.

SILVA, E. M., PARREIRA, M. C., SIEBEICHLER, S. C., RODRIGUES, E., SANTOS, C. M. S., NETO, F. D. C. V., FREITAS, G. A. Produção de mudas de Cajueiro Anão-precoce em substratos de resíduos orgânico. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável (RBAS), 9(1), 90-96. 2019

HOFFMANN, A. et al. Efeito de substratos na aclimatização de plantas micropropagadas o porta-enxerto de macieira ‘Marubakaido’. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.25, n.2, p.462-467, 2001.

Publicado

2023-12-24

Como Citar

de Jesus Souza, M. M., Silva, E. D. da ., Passos, N. R. de F. ., Santana Júnior, J. P. F. de ., & Oliveira, F. J. V. de . (2023). Uso de diferentes substratos orgânicos no crescimento e desenvolvimento inicial do agrião da terra (Barbarea verna). Scientific Electronic Archives, 17(1). https://doi.org/10.36560/17120241835

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)