Estudo comparativo entre três técnicas coproparasitológicas para o diagnóstico de parasitos gastrointestinais em animais

Autores

  • Renata Henriques Ragi Pena Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Brenda Paz Deecken Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Karolyne Vieira Bassetto Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Jamilly Leão Zaiatz Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Mayara da Silva Almeida Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Yasmin de Almeida Pinto Marques Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop
  • Bruno Gomes de Castro Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Universitário de Sinop

DOI:

https://doi.org/10.36560/151020221604

Palavras-chave:

OPG, CFA, Sheather Modificada, Qui-Quadrado

Resumo

Doenças parasitárias são bastante frequentes na clínica médica veterinária e algumas são consideradas importantes zoonoses. O objetivo dessa pesquisa foi comparar três metodologias coproparasitológicas, para determinar a eficiência das diferentes técnicas em relação à identificação de ovos de helmintos e cistos e oocistos de protozoários. Para tal foram utilizados os resultados de 108 amostras de fezes de animais as quais foram submetidas à Técnica de Ovos por Grama (OPG), Técnica de Centrífugo Flutuação em Açúcar (CFA) e a Técnica de Sheather Modificada. A carga parasitária das amostras, foi classificada com base nos resultados da Técnica de OPG. Foram calculados a frequência dos animais parasitados em relação às três metodologias e os resultados obtidos nas duas técnicas que obtiveram melhor desempenho, Técnicas de CFA e Sheather Modificada, foram submetidos ao teste de Qui-Quadrado e aos cálculos de sensibilidade, especificidade e acurácia. Todas as técnicas mostraram-se eficientes para o diagnóstico de diferentes formas parasitárias, no entanto, a Técnica de CFA foi a metodologia que apresentou os melhores resultados.

Referências

ALMEIDA, L.P.; DINIZ, F.M.; ALMEIDA, M.L. O homem e os animais de estimação: um estudo sobre a qualidade da interação com cães. Revista mv&z, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 43, 2012. Disponível em: https://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/268

COELHO, W.M.D. et al. Comparative study of five techniques for the diagnosis of

canine gastrointestinal parasites. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, Jaboticabal, v. 24, n. 2, p. 223-226, 2015. DOI http://dx.doi.org/10.1590/S1984-29612015032. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbpv/a/k4jFhkqTbvr647y37KC6tWz/?lang=en

FERRAZ, A. et al. Presença de Cyniclomyces guttulatus em amostra de cão com diarreia crônica: relato de caso. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, Fortaleza, v. 13, n. 2, p. 246-251, 2019. DOI 10.5935. Disponível em: http://www.higieneanimal.ufc.br/seer/index.php/higieneanimal/article/view/522

HUBER, F.; BONFIM, T.C.; GOMES, R.S. Comparação da eficiência da técnica de sedimentação pelo

formaldeído-éter e da técnica de centrífugo-flutuação modificada na detecção de cistos de giardia sp. E oocistos de cryptosporidium sp. Em amostras fecais de bezerros. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 12, n. 2, p. 135-137, 2003. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/COMPARA%C3%87%C3%83O-DA-EFICI%C3%8ANCIA-DA-T%C3%89CNICA-DE-SEDIMENTA%C3%87%C3%83O-Huber-Bomfim/49e862d7b2f30f4a48fe0a9f6461b865ed23502a

KATAGIRE, S. Avaliação de duas técnicas coproparasitológicas convencionais e de um kit comercial na investigação da epidemiologia de parasitas gastrintestinais de cães no estado de São Paulo. 2006. 75 p. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) – Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, Botucatu, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/aib/a/QGW7JpXFg4S9kZhYPmXX3Wb/?lang=pt

LÓPEZ, I.Y.T. Eficácia anti-helmíntica em equinos submetidos a diferentes regimes de criação. 2017. 93 p. Dissertação (Mestrado em Biociência Animal) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2017. Disponível em: http://www.pgba.ufrpe.br/sites/ww4.pgba.ufrpe.br/files/documentos/dissertacao_irma_yaneth_torres_lopez.pdf

MARIANE, R.; TOMAZZONI, F.V.; RODRIGUES, A.D. Prevalência de parasitas intestinais em cães de um abrigo de animais no sul do Brasil. Ciência em Movimento, Porto Alegre, n. 33, p. 85-92, 2014. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ipa/index.php/CMBS/article/view/190/284

MONTEIRO, S.G. Parasitologia em Medicina Veterinária. 2 ed. Rio de Janeiro: Roca, 2017. 370 p.

RIBEIRO, R.S. Comparação de técnicas coproparasitológicas para o diagnóstico de protozoários e helmintos intestinais de importância médica. 2011. 105 p. Dissertação (Mestrado em Doenças Infecciosas) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2011. Disponível em: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5934

RODRIGUES, F.L. et al. Identificação dos principais parasitas gastrointestinais em equinos na campanha gaúcha. In: SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO – SIEPE, 10., 2018, Santana do Livramento. ANAIS [...]. Santana do Livramento: UNIFES, 2018. Disponível em: https://unifimes.edu.br

ROSALES, T.F.L.; MALHEIROS, A.F. Contaminação ambiental por enteroparasitas presentes em fezes de cães em uma região do Pantanal. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 41, n. 3, p. 368-377, 2017. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-999678

SANTOS, K.R. et al. Comparação entre três técnicas coproparasitológicas na investigação de parasitos intestinais de seres humanos. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 52, 2020. DOI 10.25248/reas.e3521. Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/3521/2287

SILVA, J.B.B.; RIBEIRO, D.S.F. Prevalência de parasitas intestinais de animais de companhia em praças públicas de Mineiros/GO. In: SEMANA UNIVERSITÁRIA – UNIFIMES, 15., 2020, Mineiros. Resumos [...]. Mineiros: UNIFIMES – Centro Universitário de Mineiros, 2020. Disponível em: https://unifimes.edu.br/filemanager_uploads/files/documentos/semana_universitaria/xv_semana/trabalhos_aprovados/extensao/PREVAL%C3%8ANCIA%20DE%20PARASITAS%20INTESTINAIS%20DE%20ANIMAIS%20DE%20COMPANHIA%20EM%20PRA%C3%87AS%20P%C3%9ABLICAS%20DE%20MINEIROS%20GO.pdf

SOARES, F.A. et al. A historical review of the techniques of recovery of parasites

for their detection in human stools. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 53, 2020. DOI 10.1590/0037-8682-0535-2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rsbmt/a/F4CQYTFw4FTMpHbGjTkTFWL/abstract/?lang=en

SOUZA, P.M.C. Prevalência e fatores de risco associados às parasitoses intestinais em cães e gatos de Hospital Veterinário e de cães do Programa de Controle de Leishmaniose. 2016. 98 p. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo – Programa de Pós Graduação, São Paulo, 2016. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/ses-sp/2016/ses-35949/ses-35949-6534.pdf

YANET, F.S. et al. Comparison of parasitological techniques for the diagnosis

of intestinal parasitic infections in patients with presumptive malabsorption. Journal Parasitic Diseases, Suíça, v. 41, n. 3, p. 718-722, 2017. DOI 10.1007/s12639-016-0876-0. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28848267/

YOUSSEF, A.G. et al. Prevalência de parasitas intestinais, de importância Zoonótica, em cães assintomáticos de canis na região de Marília-SP. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 12, p. 94718-94727, 2020. DOI 10.34117/bjdv6n12-089. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/21058

Publicado

2022-10-01

Como Citar

Pena, R. H. R., Deecken, B. P., Bassetto, K. V. ., Zaiatz, J. L. ., Almeida, M. da S. ., Marques, Y. de A. P., & Castro, B. G. de . (2022). Estudo comparativo entre três técnicas coproparasitológicas para o diagnóstico de parasitos gastrointestinais em animais. Scientific Electronic Archives, 15(10). https://doi.org/10.36560/151020221604

Edição

Seção

Ciências Agrárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)