Overcoming dentency in baru seed (Dipteryx alata Vog. - Fabaceae) in Nova Xavantina-MT

K. A. Medeiros, A. C. Oliveira, A. G. Carneiro Júnior, V. L. Silva, M. Menezes

Resumo


Seeds of forest trees are usually fitted with hard seed coats, and also impervious to water and thus presenting problems for seedling production and delayed germination. Thus, this study aimed to determine the most efficient methodology to overcome seed dormancy in Dipteryx alata Vog .( Fabaceae ) . The experiment was conducted at the University of Mato Grosso, New Campus Xavantina - MT under 30 % shading screen, in the period from February to March 2014. The experiment was conducted according to a complete randomized design with five treatments and five replicates, with 25 seeds baru analyzed per treatment, totaling 625 seeds. The treatments were : T1 - the witness , in which no treatment was treatment for breaking dormancy ; T2 - immersion in water at room temperature for 12 hours; T3 - immersion in water at 80 º C for 3 minutes ; T4 - placing in the refrigerator at 8 ° C for 24 hours; T5 - . Mechanical scarification of the seeds , opposite the hilum with sandpaper number 100 next evaluated the percentage emergence of different treatments evaluated , the index of germination speed ( IVE ) in the different treatments and compared the growth parameters in height and it was found that the treatment had greater height at the end of the study period . For the need of obtaining homogeneous seedlings and seedling production on a large scale Dipteryx alata , indicated T4 : Temperature of 8 ° C for 24 hours and T2 : soak in H2O for 12 hours , due to its low cost and easy handling these treatments.


Palavras-chave


baru, emergence percentage, emergence rate index

Texto completo:

PDF

Referências


AGRA, P. F. M; GUEDES, R. S; SILVA, M. L. M; SOUZA, V. C; ANDRADE, L. A; ALVES, E. U. Métodos para superação da dormência de sementes de Parkinsonia aculeata L. Semina: Ciências Agrárias, Londrina-PR, v. 36, n. 3, p. 1191-1202, 2015.

ALVES, M. C. S.; MEDEIROS-FILHO, S.; ANDRADE-NETO, M.; TEÓFILO, E. M. Superação da dormência em sementes de Bauhinia monandra Britt. e B. ungulata L.-Caesalpinoideae. Revista Brasileira de Sementes. Brasília-DF, v. 22, n. 2, p. 139-144, 2000

ALMEIDA, S. P.; RIBEIRO, J. F. Cerrado: espécies vegetais úteis. Planaltina-DF: Embrapa, CPAC, 1998. 464 p.

AZERÊDO, G. A. BRUNO, R. L. A; LOPES, K. P; SILVA, A; BRUNO, G. B. Desempenho de sementes de sapoti (Achras sapota L.) submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 24, n. 1, p. 147-150, 2002.

BRAGA, L. F.; SOUSA, M. P.; BRAGA, J.F.; SÁ, M.E. Efeito da temperatura na germinação de sementes de purui (Borojoa sorbilis Duque) Cuatre. – Rubiaceae): morfologia das sementes e das plântulas. Revista Brasileira de Sementes, Brasília-DF, v. 21, n. 2, p. 47-52, 1999

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal-SP: FUNEP, 2000. 588 p.

CARRAZZA, L. R.; ÁVILA, J. C. C. Aproveitamento Integral do fruto do Baru. 2. ed. Brasília-DF: Instituto Sociedade e Natureza, 2010. 52 p.

CAMARGO, A. P. Clima do Cerrado. In: FERRI, M. G. coord. Simpósio sobre o cerrado. São Paulo-SP: EDUSP, 1963. p. 75-95.

FILGUEIRAS, T.; SILVA, E. Estudo preliminar do Baru (Leg. Faboideae). Brasil Florestal, Rio de Janeiro-RJ, v. 6, n. 22, p. 33-39, 1975.

FOWLER, A.J.P.; BIANCHETTI, A. Dormência em Sementes Florestais. Colombo-PR: Embrapa Florestas, 2000. 27 p. (Documentos, 40).

GALINDO, C.A.M. Absorção de água, germinação e dormência de sementes de mucuna preta.97F. Dissertação apresentada à Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – Unesp, Câmpus de Jaboticabal, como parte das exigências para obtenção do título de Mestre em Agronomia (Produção e Tecnologia de Sementes). Jaboticabal, SP,2006.

KRAMER, P. J.; KOZLOWSKI, T. Fisiologia das árvores. Lisboa: Fundação Calouste

Gulbenkian, 1972. 745 p.

LEDO, A. A. Produção de sementes, mudas e tratos culturais em essências florestais para reflorestamento e arborização. Recife-PE: UFRPE, 1979. 113 p.

LEDO, A. S.; CANANELAS, C. I. L. Recomendações para quebra de dormência de sementes e formação de mudas de graviola (Annona muricata L.) em Rio Branco-Acre. Rio Branco-AC: Embrapa Acre. 1996, p 1-3. (Comunicado Técnico, n. 66)

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. 4. ed. Nova Odessa-SP: Instituto Plantarum,. 2002. v. 1, 368 p.

MACHADO, J. S; SOUZA, W. M. F; LUSTOSA JUNIOR, I. M; SANTOS, L. M; FARIAS, S. G. G. Tratamentos pré-germinativos para superação de dormência em sementes de Angico. Revista Cerrado Agrociências, Patos de Minas-MG, v. 4, :p. 27-34, 2013.

MARIMON, B. S., FELFILI, J. M., LIMA, E. S., DUARTE, W. M. G.; MARIMON-JUNIOR, B. H. Environmental determinants for natural regenertion of gallery forest at the Cerrado Amazonia boundaries in Brazil. Acta Amazônica, Manaus-AM, v. 40, n. 1, p.107-118, 2010.

MAGUIRE, J. D. Speed of gerrnination - aid in selection and evaluation for seedling

emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

MATTEI, V. L. Efeito de tratamento em sementes dormentes de Acácia (Acácia longifólia Willd), sobre a germinação em laboratório, emergência e desenvolvimento inicial em viveiro. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas-RS, v. 5, n. 3, p. 185-189, 1999.

MEDEIROS FILHO, S.; FRANÇA, E. A; INNECCO, R. Germinação de sementes de Operculina macrocarpa (L) Farwel e Operculina alata (Ham). Urban. Revista Brasileira de Sementes, Brasília-DF, v. 24, n. 2, p. 102-107, 2002.

MENDONÇA, R. C.; FELFILI, J. M.; WALTER, B. M. T.; SILVA-JÚNIOR, M. C.; REZENDE, A.V.; FILGUEIRAS, T. S.; NOGUEIRA, P. E.; FAGG, C. W. Flora vascular do cerrado: Checklist com 12.356 espécies. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P.; RIBEIRO, J. F. Cerrado: ecologia e flora (ed.). Planaltina-SP: Embrapa-CPAC, 1279. p. 417.

MUSIL, A. F. Identificação de plantas cultivadas e silvestres. Brasília-DF: Ministério da Agricultura, 1997. 299. p.

NASCIMENTO, M.; OLIVEIRA, M. E. A. Quebra da dormência de sementes de quatro leguminosas arbóreas. Acta Botânica Brasílica, v. 13, n. 2, p. 129-137, 1999.

OLIVEIRA, L. M.; DAVIDE, A. C.; CARVALHO, M. L. M. Avaliação de métodos para quebra da dormência e para a desinfestação de sementes de canafístula (Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 27, n. 5, p. 597-603, 2003.

PAGLIARINI, M. K.; FELICIANO, M. E.; CONTI, M.; CASTILHO, R. M. M. Superação de dormência em sementes de baru. Revista Tecnologia e Ciência Agropecuária. João Pessoa-PB, v. 6, n. 1, p. 19-22, 2012.

PEREZ, S. C. J. G. A. Envoltório. In: FERREIRA, A. G.; BORGUETTI, F. (ed.) Germinação do básico ao aplicado. Porto Alegre-RS: Artmed, 2004.

PIMENTA, A.C. Caracterização morfológica de frutos, sementes e plântulas, estaquia e germinação de sementes de araticunzeiro (annona crassiflora mart. annonaceae).125f. Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Área de Concentração em Produção Vegetal, Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo, Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, como parte das exigências para obtenção do título de Doutor em Ciências.Curitiba,2014.

PIVETTA, K. F. L; CASALI, L. P; CINTRA, G, S; PEDRINHO, D. R; PIZETTA, P. U. C; PIMENTA, R. S; MATTIUZ, F. M. Efeito da temperatura e do armazenamento na germinação de sementes de Thrinax parviflora Swartz. (Arecaceae). Científica, Jaboticabal-SP, v. 33, n. 2, p. 178-184, 2005.

POPINIGIS, F. Fisiologia de sementes. Brasília-DF: AGIPLAN, 1977. 289 p.

REIS, R. C. R. TOLERÂNCIA A ESTRESSES ABIÓTICOS EM SEMENTES DE Erythrina velutina Willd. (LEGUMINOSAE - PAPILIONOIDEAE) NATIVA DA CAATINGA.141F.Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Botânica da Universidade Estadual de Feira de Santana como parte dos requisitos para a obtenção do título de Doutor em Botânica. FEIRA DE SANTANA-BA,2012.

RIBEIRO, J. F.; SANO, S. M.; BRITO, M. A.; FONSECA, C. E. L. Baru (Dipteryx

alata Vog.) Jaboticabal-SP: FUNEP, 2000. 41 p.

RIBEIRO, J. F.; WALTER, B. M. T. As Principais Fitofisionomias do Bioma Cerrado. 2008. p. 151-199. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P.; RIBEIRO, J. F. (Eds.). Cerrado: Ecologia e Flora. Planaltina-SP: Embrapa .

RIBEIRO, M. C; FIGUEIRA, J. E. C. Uma Abordagem Histórica do Fogo no Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais – Brasil. Biodiversidade Brasileira, Brasília-DF, v. I, n. 2, p. 212-227, 2011.

SCALON, S. P, MUSSURY, R. M; GOMES, A. M, SILVA, K. A; WATHIER, F; Germinação e crescimento inicial da muda de orelha-de-macaco (enterolobium contortisiliqunn (vell.) morong): efeito de tratamentos químicos e luminosidade. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 30, n. 4, p. 529-536, 2006.

SANO, S. M.; BRITO, M. A. de; RIBEIRO, J. F. Baru: Biologia e uso, Planaltina-DF: Embrapa Cerrados, 2004. p. 20-48.

SANO, S. M.; BRITO, M. A.; RIBEIRO, J. F. Baru In.: VIEIRA, R. F.; COSTA, T. S.; SILVA, D. B.; FERRREIRA, F. R.; SANO, S. M. (Ed.). Frutas nativas da região Centro -Oeste do Brasil. Brasília-DF: Embrapa Recursos Genéticos, 2006. p. 76-99.

SANTOS, T. O.; MORAIS, T. G. O.; MATOS, V. P. Escarificação mecânica em sementes de Chichá (Sterculia Foetida L.). Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 28, n.1, p. 1-6, 2004.

SILVA, F. A. S; AZEVEDO, C. A. V. Versão do programa computacional assistat para o sistema operacional windows. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande-PB, v. 4, n. 1, p. 71-78, 2002

SMIRDELE, O. J; SCHWENGBER, L. A. M. Superação da dormência em sementes de paricarana (Bowdichia virgilioides Kunth.). Revista Brasileira de Sementes, Londrina-PR, v. 33, n. 3 p. 407 - 414, 2011.

TEDESCO, S. B.; STEFANELLO, M. O.; SCHIFINO-WITTMANN, M. T.; BATTISTIN, A.; DALL’AGNOL, M. Superação de dormência em sementes de espécies de Adesmia DC. (Leguminosae). Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas-RS, v. 7 n. 2, p. 89-92, 2001.

TELES, M. M.; ALVES, A. A; OLIVEIRA, J. C. G.; BEZERRA, A. M. E Métodos para a quebra de dormência em sementes de Leucena (leucaena leucocephala), Revista Brasileira de Zootecnia. Santa Maria-RS, v. 20, n. 1, p. 387-391, 2000.

VIEIRA, I. G.; FERNADES, G. D. Métodos de Quebra de Dormência de Sementes.

Piracicaba-SP: IPEF-LCF/ESALQ/USP, Informativo Sementes, 1997. 22 p.

ZAIDAN, L.B.P.; BARBEDO, C.J. Quebra de dormência em sementes. In: FERREIRA, A. G.; BORGHETTI, F. (Org.) Germinação: do básico ao aplicado. São Paulo-SP: Artmed, 2004. 323 p.

ZAR, J. H. Biostatistical analysis. Pearson: Upper Saddle River, 2010. 944 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.36560/1162018574

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio:
Endereço: 
Universidade Federal de Rondonópolis
Avenida dos Estudantes, 5055 - Cidade Universitária
Rondonópolis - MT, 78735-901